Policiamento reforçado no local vai tentar inibir as frequentes brigas entre frequentadores - Reprodução/Redes Sociais
Policiamento reforçado no local vai tentar inibir as frequentes brigas entre frequentadoresReprodução/Redes Sociais
Por Ney Freitas
Petrópolis - "A gente já não aguenta mais isso. Todo fim de semana eles bebem e arranjam confusão. Quando não é entre eles mesmos é com as pessoas que passam pela rua. Outro dia cismaram de não deixar um carro passar. Sempre tem quebra quebra, gritaria e muito cheiro de bebida e maconha. Aí, quando a polícia chega e bota ordem todo mundo reclama. Já estou vendo outro apartamento pra me mudar ainda esse mês, se Deus quiser". O desabafo é de uma senhora de 67 anos que prefere não ser identificada. Moradora da rua 13 de Maio há 23 anos, ela garante que os novos frequentadores tiraram a paz do local.
O último episódio ocorreu neste final de semana entre jovens, supostamente alcoolizados, por volta das 3h da manhã. Vídeos que circulam nas redes sociais flagraram uma briga generalizada no local. Em determinado momento imagens revelam correria e um rapaz com uma pistola na mão. Segundo o comandante do 26º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Christoph Leite, os casos ocorreram após o fechamento dos bares e casas noturnas, que só podem funcionar no local até meia-noite. “Temos relatos de dois incidentes. Ambos ocorreram após o fechamento dos bares, madrugada adentro. São jovens que ficam na rua e acabam por se embriagar e promover brigas”, explicou.
Publicidade
A PM chegou a ser acionada, mas não foram encontrados envolvidos na confusão nem os responsáveis pela briga. “A ação da polícia foi imediata, mas não houve identificação, ainda, daqueles que promoveram o tumulto. Estamos contando com imagens de segurança do local, para chegar a essa conclusão e apresentá-los à DP”, explicou. Segundo informações, os estabelecimentos vêm colaborando com a polícia cedendo imagens de câmeras de segurança.