Ocorrências de vandalismo destroem lixeiras públicas no bairro Mosela

Lixo foi espalhado pela calçada e pela rua e as coletoras foram empurradas para o rio. Duas delas foram retiradas e recolocadas no local

Por O Dia

Cinco coletoras foram jogadas no rio: duas foram retiradas intactas e as demais foram danificadas
Cinco coletoras foram jogadas no rio: duas foram retiradas intactas e as demais foram danificadas -
Petrópolis - A empresa responsável pela coleta de lixo na cidade, a Força Ambiental, fez a limpeza na Mosela nesta quarta-feira após cinco lixeiras terem sido encontradas dentro do rio na noite anterior. O lixo foi espalhado pela calçada e pela rua e as coletoras foram empurradas para o rio. Duas delas foram retiradas e recolocadas no local. As demais foram danificadas e pedaços das lixeiras acabaram sendo carregados pela água. Outras três lixeiras foram deslocadas para atender a população no local.

Infelizmente ainda vemos atos de vandalismo como esse na cidade, depredação do patrimônio público que prejudica a população dos bairros. A limpeza do local foi prontamente realizada e outras lixeiras colocadas no local”, afirmou o prefeito Bernardo Rossi.

Essas lixeiras são feitas plástico rígido e podem conter até 400 kg de resíduos. As lixeiras foram retiradas do rio por funcionários da empresa com auxílio de cordas. A empresa percorreu todo leito do rio até Corrêas para procurar por partes das coletoras quebradas.

A coleta de lixo na Mosela acontece sempre às segundas, quartas e sextas e ocorreu normalmente nesta quarta. Atualmente, cerca de 310 toneladas de lixo são coletadas diariamente em toda cidade pela Força Ambiental. O serviço passa em mais de 1,6 mil ruas ou localidades, de segunda a sábado ou então com intervalos de 48 horas.
Cabe ressaltar que atos de vandalismo como esse podem resultar em prisão a quem for flagrado. A pena pode chegar a seis meses de cadeia mais multa, pelo artigo 163 do Código Penal.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários