Rubens Bomtempo, candidato do PSB à prefeitura de Petrópolis - Divulgação
Rubens Bomtempo, candidato do PSB à prefeitura de PetrópolisDivulgação
Por O Dia
Publicado 03/11/2020 17:29 | Atualizado 03/11/2020 18:18
Petrópolis - A Procuradoria Regional Eleitoral emitiu nesta segunda-feira parecer favorável ao recurso impetrado pelo Ministério Público Eleitoral e pelo advogado Paulo Pires contra a sentença da 29ª Zona Eleitoral de Petrópolis que liberou a candidatura de Rubens Bomtempo (PSB) à prefeitura.
Em seu parecer, a procuradora regional eleitoral substituta, Neide de Oliveira, justifica sua decisão afirmando: "Verifica-se que RUBENS JOSÉ FRANÇA BOMTEMPO, de fato, foi condenado à suspensão de seus direitos políticos, em diversos processos, pelo egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro".
Publicidade
Por isso, continua a procuradora, "a hipótese dos autos, portanto, é de inelegibilidade do candidato,
a qual deve ser ratificada por essa egrégia Corte Regional" (TRE-RJ).
Este é mais um trâmite da briga na Justiça Eleitoral sobre a elegibilidade ou não nessas eleições do ex-prefeito de Petrópolis, que já tinha sido condenado anteriormente por improbidade administrativa, mas conseguiu recorrer da decisão.
Publicidade
A data do julgamento do recurso do MPE ainda não foi definida pela Justiça Eleitoral.
A assessoria do candidato se manifestou em nota dizendo: "A Justiça Eleitoral confirmou, no dia 19 de outubro, a candidatura de Rubens Bomtempo (PSB) à Prefeitura de Petrópolis. Em sua decisão, o juiz Marcelo Machado da Costa, da 29ª Zona Eleitoral de Petrópolis, rejeitou os pedidos de impugnação feitos pelo Ministério Público Eleitoral. No dia 22 de outubro, o MPE recorreu da decisão do juiz ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o que é de praxe. A defesa da coligação Unidos por Petrópolis apresentou suas considerações com base na própria sentença do juiz. A sentença é clara e responde a todos os questionamentos feitos pela imprensa. Rubens Bomtempo confia que a decisão da Justiça Eleitoral será mantida e segue normalmente com seus compromissos de campanha".