Operação no Complexo da Maré deixa milhares de alunos sem aula nesta sexta

Um suspeito morreu após ser baleado durante operação. PM disse que não houve confronto, porém moradores relataram intensa troca de tiros no conjunto de favelas da Zona Norte

Por tiago.frederico

Rio - A operação que a Polícia Militar realiza no Conjunto de Favelas da Maré, Zona Norte, nesta sexta-feira, deixa milhares de alunos sem aula. Nove escolas municipais, uma creche, três Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) e o o Ciep 326 - Professor César Pernetta foram obrigados a suspender as atividades.

Segundo a Secretaria de Estado de Educação, somente no turno da manhã, o Ciep atende a 400 alunos. A Secretaria Municipal de Educação não informou quantos alunos atende em suas unidades. Em nota a secretaria estadual ressaltou que a direção da unidade escolar tem autonomia para tomar providências no sentido de "garantir a integridade física e moral de seus alunos, professores e funcionários". Ambas as secretarias disseram que o conteúdo perdido pelos alunos será reposto.

Na operação, um suspeito foi baleado. Moradores relataram intenso tiroteio na região do Complexo da Maré, no entanto, segundo a PM, não foi registrado confronto. Ainda de acordo com a corporação, o ferido foi socorrido por paramédicos do Batalhão de Operações Especiais (Bope), mas não resistiu. O local onde ele morreu foi preservado e policiais aguardam a chegada da perícia.

Material apreendido no Complexo da MaréDivulgação / Polícia Militar

Com o suspeito, foram apreendidas uma pistola com dois carregadores e 19 munições. A ocorrência será registrada na 21ª DP (Bonsucesso) e a operação, que visa combater o tráfico de drogas, continua nesta tarde. Diversos blindados e um helicóptero são utilizados. Policiais militares do Bope e dos batalhões de Polícia de Choque (BPChq), de Ação com Cães (BAC) e do Grupamento Aeromóvel (GAM) partcipam da operação.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia