Prefeitura cria lista de recomendações durante ressaca na orla do Rio

Orientação foi criada com o apoio do Corpo de Bombeiros após parte da ciclovia Tim Maia desabar e matar duas pessoas

Por rafael.souza

Rio - A Prefeitura e Grupamento Marítimo (GMar) do Corpo de Bombeiros criaram uma lista com sete recomendações para os períodos de ressaca na orla do município do Rio. A decisão de elaborar a lista de alerta — para banhistas e pescadores — aconteceu após a queda de parte do trecho da ciclovia Tim Maia, em São Conrado, na Zona Sul do Rio, que deixou dois mortos.

Parte da ciclovia de São Conrado%2C na Avenida Niemeyer%2C que desabou, em abril, após forte ressaca Maíra Coelho/Agência O Dia

As recomendações foram publicadas no Facebook oficial do Centro de Operações e uma das recomendações destaca que é necessário "evitar trafegar de bicicleta na orla caso as ondas estejam atingindo a ciclovia”. 

Nesta terça-feira a Marinha alertou sobre forte ressaca que deverá atingir a orla do Rio até as 9h da próxima quinta-feira. O Centro de Hidrografia da Marinha, de acordo com a Prefeitura, prevê a ocorrência de ondas de até 3 metros na orla do Rio.

Confira as recomendações feitas pelo Centro de Operações e GMar:

- Evitar o banho de mar em áreas que estejam em condições de ressaca;

- Evitar a prática de esportes no mar;

- Não permanecer em mirantes na orla ou em locais próximos ao mar durante o período de ressaca;

- Os frequentadores de praias devem seguir as orientações das equipes do Corpo de Bombeiros;

- Os pescadores devem evitar navegar durante o período de ressaca;

- Evitar trafegar de bicicleta na orla caso as ondas estejam atingindo a ciclovia;

- Não entrar no mar para resgatar vítimas de acidente. Neste caso, acione imediatamente as equipes do Corpo de Bombeiros pelo telefone 193.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia