Leitores e admiradores continuam a comemorar os 65 anos do DIA

Jornal completou sua ‘melhor idade’ no dia 5 de junho, mas os votos de parabéns e desejo de longa vida não param de chegar

Por O Dia

Rio - ‘O jornal O DIA, como sempre, está muito próximo do seu leitor, há tantos anos se comunicando de uma maneira única com os cariocas. Parabéns pelos 65 anos! E que venham muitos mais!” A definição da atriz e bailarina Claudia Raia resume a história do jornal que há 65 anos faz parte da rotina diária carioca.

O jornal completou sua ‘melhor idade’ no dia 5 de junho, mas os votos de parabéns e desejo de longa vida não param de chegar.

Coluna Avesso da Vida, de Léo Montenegro foi leitura obrigatória por 37 anos

Mr. Catra e MC Marcelly comemoraram o aniversário de O DIADivulgação

Ler O DIA é um hábito passado de geração para geração nas família, como conta o artista plástico Alexandre Maia e Pádua, de 33 anos. “O jornal traz em si a tradição de fazer parte do cotidiano das pessoas. Lembro-me que, quando era criança, via meus avós interagindo com o jornal nas mãos. Bem como eu o faço atualmente, e provavelmente isso se repetirá nas próximas gerações de várias famílias”, explica.

É importante destacar também o carinho dos jornaleiros. Roberto Simões, de 56 anos, tem uma banca há 27 anos: “Gosto muito do que faço. Percebo que O DIA sempre teve um perfil ‘amigo do leitor’. Fico feliz de ver o jornal entrar na terceira idade com essa cara tão jovem. Os leitores são fiéis.” 

Confira o que os leitores disseram:

"É diferente. Transmite mais credibilidade. É um hábito saudável da sociedade. Gosto de ler as notícias de política. Com O DIA, me mantenho atualizada" Vivian E. S. Guimarães, universitária

"Desejo que O DIA continue por muitos anos nos dando tantas informações. Eu sou leitor do jornal e fico feliz quando vejo uma matéria comigo nele" Mr. Catra, cantor

"Foi um dos primeiros jornais que deram nota sobre mim. Foi o início de tudo! Desejo que o jornal continue levando notícias e dando oportunidades" MC Marcelly

"O DIA tem sido um veículo fundamental para democratizar e amplificar o acesso à cultura na nossa cidade. Parabéns ao jornal" Luiz Calainho, empresário

Após me tornar servidor público passei a ter um compromisso mais sério com O DIA por causa da coluna” Denilsom Gomes Graco, professor de teatro

Tem conteúdos modernos e atuais. Linguagem simples com entretenimento todos os dias" Charlene Andrade, engenheira mecânica

Pode ser considerado patrimônio cultural do Rio de Janeiro. Faz parte da cultura carioca na banca” André Luiz Medeiros, médico

Últimas de Rio De Janeiro