Desabamento de imóvel deixa mortos em Rio das Ostras

Segundo a prefeitura, local ainda estava em obras quando ocorreu o acidente

Por gabriela.mattos

Rio - Quatro pessoas de uma mesma família morreram no desabamento, na manhã desta sexta-feira, de um prédio de três pavimentos que estava sendo erguido no bairro Âncora, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos. Dois operarários que trabalhavam na obra ficaram feridos. A Defesa Civil do município investiga se havia irregularidade na construção.

Segundo Jeferson Chaves dos Santos, filho de uma das vítimas, a mãe dele, Marlene Chaves dos Santos, de 60 anos, foi ao local por volta das 10h para acompanhar a obra, quando foi atingida. “Logo depois que minha mãe chegou ao local, minha irmã levou o marido e a filha para visitar, e o prédio caiu. Perdi minha irmã, meu cunhado, minha mãe e minha sobrinha”, lamentou.

As outras vítimas fatais do desabamento são os servidores púlicos Cátia Darlene Chaves, 36, Emilson Ferreira de Souza, que não teve a idade informada, e a filha do casal, Duane Chaves dos Santos, de 17 anos. O pedreiro José de Melo da Silva, 62, e o ajudante dele, Luiz de Oliveira, 56, ficaram feridos. Os dois foram socorridos pela ambulância da Secretaria de Saúde de Rio das Ostras e levados para o pronto socorro municipal. Ambos tiveram pequenas escoriações, mas passam bem.

O imóvel estava sendo construído na Rua Damas da Noite, uma das localidades mais populosas da cidade. A prefeitura lamentou o ocorrido e decretou três dias de luto em solidariedade à família. Equipes das secretarias de Serviços Públicos, Obras, Ambiente, Segurança e Defesa Civil Municipal estavam no local ontem à tarde prestando socorro às vítimas e oferecendo máquinas retroescavadeiras para ajudar a agilizar os trabalhos dos bombeiros.

A Defesa Civil informou que o último corpo foi encontrado por volta das 14h e que as buscas se enceraram às 14h30. A Secretaria de Obras de Rio das Ostras afirmou que está averiguando se existe alguma notificação de irregularidade na construção do imóvel. Por precaução, a Defesa Civil interditou uma casa ao lado do terreno.

O velório da família será realizado na Segunda Igreja Batista, na Rua Bangu, no bairro Liberdade, na manhã deste sábado. O sepultamento será no Cemitério Nossa Senhora da Conceição, no bairro Âncora, às 14h.

Desabamento de imóvel deixou feridos%2C na manhã desta sexta-feira%2C em Rio das OstrasDivulgação

Reportagem da estagiária Daniele Bacelar

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia