Mais Lidas

Mulheres atingidas por tiros na Avenida Brasil seguem internadas

Elas passavam em veículos perto da Fiocruz quando foram atingidas. Vítimas foram operadas e passam bem

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Palio verde onde estava um casal foi atingido por quatro tirosDivulgação

Rio - Baleadas na Avenida Brasil, próximo à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Zona Norte da cidade, no início da noite desta quinta-feira, Maria Luciola Barbosa de Araújo, 48 anos, e Fernanda Pereira da Silva, de 27, seguem internadas no Hospital Federal de Bonsucesso, na manhã desta sexta-feira.

De acordo com a assessoria de imprensa da unidade, Maria foi atingida por um tiro na coxa direita e está internada na enfermaria de ortopedia após cirurgia, com quadro de saúde estável. Já Fernanda levou um tiro na mão esquerda, foi operada ontem, e também está internada na enfermaria da ortopedia. Ela passa bem e está estável.

A polícia acredita que o condutor do veículo tenha errado o caminho e entrado na Vila do João e, por isso, foi alvo de disparo de traficantes locais. Dentro do carro, com placa de Manaus, estava Maria Luciola. A outra mulher, identificada como Fernanda Pereira da Silva, de 27 anos, que estava dentro de um ônibus da linha 335 (Cidade Alta x Praça Tiradentes), foi ferida por uma bala perdida na mão esquerda.

LEIA MAIS: Duas mulheres são baleadas na Avenida Brasil, próximo à Fiocruz

Segundo relato de moradores da Vila do João à policiais, um grupo de moradores teria dito que traficantes teriam confundido o veículo, achando que conduzia traficantes rivais. O carro do casal, um Palio verde, foi perfurado por pelo menos quatro tiros.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia