Vídeo flagra bate-boca e injúria racial na praia da Barra da Tijuca

Mulher xinga outra banhista e gravação alcança mais de 2 milhões de visualizações em menos de 24 horas

Por bianca.lobianco

Rio - "Não tenho culpa de você se sentir ofendida porque você nasceu mulata, amor. Você é complexada, nasça branca, entendeu? Eu falei com a minha família e você se ofendeu". As ofensas estão em um flagrante em vídeo gravado na praia da Barra da Tijjuca, na Zona Oeste do Rio. A gravação já ultrapassou mais de 2 milhões de visualizações em menos de 24 horas.

A jovem escuta e registra as ofensas em vídeo e, em seguida, rebate: "Você me chamou de encardida, de favelada. O que mais?". A mulher exaltada continua: "Grava essa m***. A gente vai para a delegacia e tu vai pagar mico. Porque eu não sei quem você é, eu sei quem eu sou. Você eu nunca vi".

As ofensas vão piorando ainda mais, até que a mulher esbraveja que a jovem não deveria estar na praia. "Faz um pinico no fundo da sua casa para pegar sol. Não sei pra que também. Grava, faço questão que você grave. Você é uma complexada, você tem cabelo duro".

O DIA procurou a Polícia Civil para questionar se algo será feito e se a mulher que faz ofensas graves foi identificada, mas até agora não obteve resposta.

No Facebook, mais de 30 mil pessoas compartilharam a publicação. Os internautas ficaram revoltados com a atitude da mulher. Uma internauta disse que a mulher deveria ser presa: "Esta infeliz tem que ser punida , cadeia nela pra aprender".

Outra usuária lamentou a presença da mulher no convívio social: "Pena que ainda existam pessoas assim como essa senhora! Uma senhora infeliz que só fala m*, pelo que vi e ouvi aí no vídeo!! Infelizmente temos que conviver com gente assim na sociedade!! Mas espero que um dia isso acabe e as pessoas saibam respeitar uns aos outros!!".

"Enquanto isso a "branca" no sol se bronzeado para ficar com a pele parecida com a da mulata. Esse povo é mesmo muito hipócrita", disse uma outra internauta. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia