Homem é preso suspeito de abusar sexualmente a própria enteada na Baixada

Mãe contou que abusos ocorriam há um ano e que criança era obrigada a manter relações sexuais com suspeito em troca de dinheiro e celular

Por gabriela.mattos

Rio - Policiais da Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (Deam) São João de Meriti prenderam um técnico de instalar interfone, de 45 anos, acusado de abusar sexualmente a própria enteada, de 11 anos. Contra o suspeito, capturado no bairro Vila Columbia, naquele município da Baixada Fluminense, foi cumprido um mandado de prisão temporária de 30 dias por estupro de vulnerável.

Em depoimento, a mãe da menor, que procurou a especializada em abril deste ano, contou que os abusos ocorriam há um ano. Ela soube do crime após a menina ser vista por uma tia, que depois contou do caso ao pastor da igreja evangélica onde a família frequentava.

Em depoimento, a menor disse que era obrigada a manter relações sexuais com o padastro em troca de dinheiro, presentes e celular. Ela disse ainda que ele ainda fazia ameaças. "Vou te matar, vou te bater", eram as frases ditas pelo acusado para menina.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia