MPF manda retirar faixas 'Fora Temer' de unidades do Colégio Pedro II

As faixas contra o atual presidente Michel Temer foram fixadas nas unidades de ensino desde o dia 31 de agosto

Por O Dia

Rio - O procurador da República Fábio Moraes de Aragão determinou que as unidades dos colégios Pedro II em Realengo e Humaitá retirem cartazes 'Fora Temer'. A recomendação do Ministério Público Federal impõe que se a medida não for cumprida, os diretores vão responder por improbidade administrativa e crime de prevaricação.

As faixas contra o atual presidente Michel Temer foram fixadas nas unidades de ensino desde o dia 31 de agostoMárcio Mercante / Agência O Dia

As faixas contra o atual presidente Michel Temer foram fixadas nas unidades de ensino desde o dia 31 de agosto, assinadas pelo Sindicato dos Servidores do Colégio Pedro II (Sindicope). 

O procurador Fábio Moraes Aragão informou que decidiu fazer a recomendação porque foi procurado por pais de alunos. Segundo eles, os professores estavam defendendo bandeiras partidárias dentro do colégio. 

Oscar Halac, reitor dos colégios Pedro II, esteve hoje no Ministério Público Federal para tratar de outro assunto mas aproveitou para informar ao Procurador que as faixas tinham sido retiradas.

"O reitor afirmou que não é praxe do colégio compactuar com isso. Ele disse que achou correta a recomendação e que não apóia os excessos", afirmouFábio Moraes Aragão.

Últimas de Rio De Janeiro