Mais Lidas

'Destruíram minha família', diz pai de jovem morto a facadas em Ipanema

Daniel da Silva Gomes levou facada nas costas após tumulto com grupo de assaltantes

Por bianca.lobianco

Rio - A família de Daniel Da Silva Gomes, morto a facadas neste domingo em uma bloco em Ipanema, clama por justiça. "Destruíram uma família, mais uma. É preciso dar um basta nesta violência. Clamo às autoridades que façam justiça e encontrem quem fez isso. Meu filho era um menino, criei ele com tanto amor e agora isso acontece ", desabafou o pai, Eduardo da Silva Gomes, na saída do IML, no Centro. 

Pai de jovem morto em Ipanema desabafa%3A 'Destruíram minha família'Reprodução

Daniel era considerado um menino tranquilo e não gostava muito de baladas e festas. "Ele era cheio de sonhos, jogava bola, era muito na dele. Estamos muito abalados com tudo isso", disse Damião Pinheiro dos Santos,60, tio do rapaz. 

Daniel completaria 21 anos no próximo dia 27. Seu sonho era ser jogador de futebol. "Esse crime não pode ficar impune. Queremos justiça", cobra Samara Gomes, 25, prima da vítima. 

De acordo com a Polícia Militar, oito bandidos cercaram o grupo perto de um quiosque, na tentativa de roubar seus pertences. Houve reação e um tumulto se formou. Logo depois, Daniel foi encontrado caído na areia da praia, com um ferimento a faca nas costas. 

O enterro de Daniel será na terça-feira pela manhã, no cemitério São João Batista, em Botafogo, zona Sul do Rio.  


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia