Agente do Degase é morto a tiros em São Cristóvão

Bruno Leitão da Costa reagiu a uma tentativa de assalto e acabou assassinado

Por O Dia

Rio - Um agente do Degase identificado como Bruno Leitão da Costa, de 30 anos, foi morto a tiros nesta sexta-feira à noite em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio. A vítima, que trabalhava como segurança de uma farmácia, reagiu a uma tentativa de assalto ao estabelecimento e foi atingida por vários disparos. Bruno chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Agente estava no Degase há três anosReprodução Internet

O agente, que estava no Degase há três anos, era coordenador de plantão no Educandário Santo Expedito, unidade para menores infratores no Complexo de Gericinó, em Bangu. Segundo a polícia, dois homens em um táxi chegaram para roubar o estabelecimento na Rua Luiz Gonzaga.

Bruno teria conseguido render um dos ladrões, mas foi surpreendido pelo outro bandido, que deu a volta por trás de um ônibus, e fez os disparos. A dupla fugiu com o celular e a arma do agente. A Delegacia de Homicídios (DH) realizou perícia no local.

Últimas de Rio De Janeiro