Duas pessoas são presas em Guaratiba durante operação contra furto de energia

Entre os locais fiscalizados estão os condomínios Vivendas de Guaratiba e Mirante da Pedra

Por O Dia

Rio - Duas pessoas foram presas durante uma operação, realizada nessa semana em Guaratiba, na Zona Oeste do Rio, de combate ao furto de energia. Entre os locais fiscalizados estão os condomínios Vivendas de Guaratiba e Mirante da Pedra. Segundo a Light, em um dos condomínios a rede era totalmente clandestina. A concessionária identificou 17 irregularidades e efetuou 34 cortes de energia.

Ação em Guaratiba contou com 30 profissionais da Light e apoio da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD)Divulgação

Nesta sexta-feira, funcionários da Light vistoriaram instalações em Bangu, também na Zona Oeste. Dos 2.315 locais inspecionados, 1.636 apresentaram irregularidades. A companhia alerta que ligações clandestinas de energia, conhecidas como “gatos”, sobrecarregam a rede de distribuição e provocam interrupções do fornecimento de energia.

Ainda de acordo com a Light, de janeiro a junho de 2017, foram feitas 293 mil inspeções. Destas, 239 mil tinham alguma irregularidade. Ou seja, a cada 100 clientes, 81 furtavam energia. O furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal, com pena que pode chegar a oito anos de reclusão.


Últimas de Rio De Janeiro