Mais Lidas

Disque Denúncia aumenta para R$ 20 mil recompensa por chefe do Complexo do Salgueiro

Schumaker Antonácio do Rosário, de 34 anos, é apontado como um dos bandidos mais procurados do estado

Por O Dia

Schumaker é apontado como chefe do tráfico no Jardim Catarina, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo,e um dos bandidos mais procurados do estado
Schumaker é apontado como chefe do tráfico no Jardim Catarina, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo,e um dos bandidos mais procurados do estado -

Rio - O Disque Denúncia aumentou de R$ 5 mil para R$ 20 mil a recompensa por informações que levem à prisão do traficante Schumaker Antonácio do Rosário, de 34 anos, chefe do tráfico no Jardim Catarina, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. aumentou de R$ 5 mil para R$ 20 mil reais. O bandido é um dos mais procurados do estado.

Segundo a polícia, Schumaker é ligado à facção Comando Vermelho (CV) lidera com mãos de ferro a venda de drogas nas favelas do Pica Pau, Baixada e Ipuca, no Jardim Catarina. O traficante chegou a ser preso por assalto em agosto de 2003. Dez anos depois, ele foi beneficiado para cumprir o restante da pena em regime semiaberto, mas não voltou para o Instituto Penal Edgar Costa, onde cumpria pena e desde de então está foragido. Ele foi condenado a 29 anos de prisão por homicídio e assalto a mão armada. O criminoso buscou refúgio no Complexo do Salgueiro depois que passou a ser procurado pela polícia.

Seu bando, conhecido como o "Bonde do Schumacher", é acusado de tráfico de drogas, assaltos e homicídios. Em fevereiro de 2017, o traficante chegou a oferecer aos seus comparsas uma recompensa de R$ 5 mil por cada policial morto na região. Em junho de 2014, a quadrilha liderada pelo criminoso teria executado com mais de vinte tiros o soldado Dayvid Lopes Atanásio, de 25 anos, no Jardim Catarina. O PM do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) sofreu uma emboscada próximo de sua casa. Na época, o bandido chegou a ameaçar também outros militares.

Em 2016, Schumaker mandou retirar todos os dispositivos de segurança da área externa das casas e comércios do bairro após traficantes de sua quadrilha serem flagrados por uma câmera circulando fortemente armados pela Avenida Albino Imparato, principal via do Jardim Catarina.

Na última sexta-feira, uma operação integrada entre as forças de segurança foi realizada para prender Schumaker e outros traficantes do Complexo do Salgueiro. Durante a ação, que teve participação de soldados do Exército, policiais civis e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), nove pessoas foram presas, 10 ruas foram desobstruídas de barricadas colocadas pelos traficantes, uma pistola de uso restrito foi apreendida, além carro, motos, drogas e munições. Um dos presos na operação foi Carlos Alberto da Rocha Junior, 28 anos, o Playboy, acusado de participação na tortura e morte do cabeleireiro Maurício Cosme Azevedo, ocorrida em julho de 2016.

Schumacher tem dois mandados de prisão pelo crime homicídio qualificado e outro pelo crime de roubo majorado. Ele já possui também anotações criminais pelos crimes de roubo majorado, homicídio qualificado, quadrilha ou bando e latrocínio (roubo seguido de morte).

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do acusado pode informar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do como Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ. Todas as denúncias serão encaminhadas para Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) e também para o 7º BPM (São Gonçalo).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários