Mais Lidas

Ministra Carmen Lucia visita unidades prisionais do Rio

Ela esteve na Unidade Materno Infantil (UMI), considerada referência nacional no acautelamento de internas mães com seus recém-nascidos, e na Penitenciária Talavera Bruce

Por O Dia

Carmem Lucia na visita a presídio
Carmem Lucia na visita a presídio -

Rio - A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça, Carmen Lucia visitou, na manhã desta segunda-feira, a Unidade Materno Infantil (UMI) — considerada referência nacional no acautelamento de internas mães com seus recém-nascidos — e a Penitenciária Talavera Bruce, onde estão as presas grávidas. "A UMI é um primor", resumiu a ministra, depois de conhecer as dependências da unidade e conversar com algumas das 13 internas que foram para lá com seus filhos após o parto, e onde permanecem por no mínimo seis meses. A capacidade é para 20 internas. Entre os depoimentos, a ministra ouviu das apenadas que "têm uma qualidade de vida melhor para nós, mães, e os nossos bebes", informaram.

"Nossa meta é que as crianças não nasçam numa penitenciária e este espaço que estou conhecendo hoje me mostrou super adequado", enalteceu a ministra. Ela disse ainda que existe verba federal pronta para ser usada na construção e expansão de unidades prisionais em todo o país.

Também participaram da visita o secretário de Estado de Administração Penitenciária (Seap), David Anthony Gonçalves Alves, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Milton Fernandes de Souza e o Juiz da Infância e Juventude, Sergio Luiz Ribeiro de Souza.

Ministra visitou mães com filhos recém-nascidos e grávidas - Divulgação

Após deixar a Unidade Materno Infantil, Carmem Lucia visitou a galeria da Penitenciária Talavera Bruce, que possui atualmente 23 internas grávidas. Elas saem de lá para terem seus filhos no hospital e seguem para a UMI. Enquanto ficam na unidade, aprendem profissões em oficinas como padaria, fábrica de roupas e salão de beleza. 

"A direção tanto da UMI quanto do Talavera Bruce têm trabalhos que são referências para o País. Temos um projeto não só de ampliação da unidade como também da criação de uma Coordenadoria voltada para o atendimento às unidades prisionais femininas, em função da especificidade da matéria, com assistência diferenciada”, ressaltou o secretário David Anthony.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Carmem Lucia na visita a presídio Divulgação
Ministra visitou mães com filhos recém-nascidos e grávidas Divulgação

Comentários