Presidente de O DIA é homenageado

Marcos Salles recebeu o conjunto de Medalhas Pedro Ernesto pela atuação em defesa dos direitos das Pessoas com Deficiência

Por WILSON AQUINO

Autora da homenagem, Luciana Novaes disse que gostaria que houvesse centenas de Marcos Salles
Autora da homenagem, Luciana Novaes disse que gostaria que houvesse centenas de Marcos Salles -

Rio - Ema cerimônia marcada pela emoção, o presidente do Jornal O DIA, jornalista Marcos Salles, foi agraciado com o conjunto de Medalhas Pedro Ernesto, a principal comenda da Cidade do Rio de Janeiro. Salles recebeu a distinção por sua atuação em defesa dos direitos das pessoas com deficiência, seja à frente da revista Universo PCD (Pessoas com deficiência), na publicação da coluna PcD aos sábados no jornal ou na realização da Cidade PCD, a maior feira de inclusão do estado, evento que integra o calendário oficial da cidade.

A solenidade, que contou com diversas autoridades, aconteceu no salão nobre da Câmara dos Vereadores, na noite de ontem. Autora da homenagem, a vereadora Luciana Novaes (PT) destacou o papel de Marcos Salles: "É a primeira medalha Pedro Ernesto que entrego. E é para alguém muito especial. O que me chamou a atenção é o empenho do Marcos na promoção dos nossos direitos, sem ter ninguém na sua família com deficiência. Sua motivação está baseada na sua sensibilidade, no senso de responsabilidade cidadã. Como eu gostaria que houvesse centenas de Marcos Salles por aí".

O presidente do DIA diz que nunca esquecerá a homenagem. "O projeto PCD tem um objetivo muito claro: melhorar a qualidade de vida e fazer com que a sociedade perceba a importância da inclusão", disse Salles. Ele garantiu que o projeto PCD vai existir até o dia em que a sociedade entender a importância da inclusão. "Hoje, segundo dados do IBGE, 24% da população têm algum tipo de deficiência. É um número grandioso, ainda mais se você pensar que cada pessoa com deficiência tem pelo menos um ao seu lado. Estamos falando em metade da população! Seja em casa, na escola ou no trabalho é um público muito grande. E muitas dessas pessoas estão aprisionadas em seus lares, porque não têm como se locomover, porque existe preconceito, porque existe uma série de deficiências, efetivamente, na sociedade. Deficiência de como a sociedade trata essas pessoas", afirmou o presidente do DIA.

Marcello Crivella Filho representou o pai na solenidade, com uma mensagem. "No momento em que se discute a importância do Jornalismo, a verdade dos fatos e combate aos "fake news" (notícias falsas), ele é um exemplo de profissional que honra sua atividade no comando do Jornal O DIA". O subsecretário municipal da Pessoa com Deficiência, Geraldo Nogueira, destacou. "Marcos Salles virou um ativista da causa".

Para Júlio Cesar Rocha, um dos sócios de Salles no Projeto PCD, a revista surgiu para que as pessoas tenham acessibilidade a todas as coisas a que todo mundo tem direito. Entre os que estiveram presentes prestigiando a homenagem, estavam os medalhistas paralímpicos Clodoaldo da Silva e Anderson Lopes, além do secretário estadual de Turismo, Nilo Sérgio Félix e o presidente da Loterj, Sérgio Ricardo Martins de Almeida.

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro