Após denúncias de preços abusivos, Procon fiscaliza supermercados no Rio e Niterói

Dos 13 estabelecimentos vistoriados, nove foram notificados. Entre as irregularidades, está a venda de camarão vencido

Por O Dia

Mercados elevaram os preços após falta de abastecimento
Mercados elevaram os preços após falta de abastecimento -

Rio - Após receber denúncias de consumidores, que reclamaram dos preços abusivos após a crise de abastecimento, o Procon Estadual realizou uma ação de fiscalização em 13 supermercados e hortifrútis do Rio de Janeiro e Niterói, nesta sexta-feira. Entre os locais vistoriados, nove foram notificados pelo aumento nos valores de frutas, legumes e hortaliças, sendo dois atuados por demais irregularidades.

Segundo órgão, um supermercado em Ipanema, na Zona Sul do Rio, foi autuado por vender quatro pacotes de camarão vencido. Por sua vez, um estabelecimento, em Icaraí, foi autuado por não dispor balanças de precisão para os clientes, além de apresentar pisos quebrados na área da padaria.

Ainda de acordo com o Procon, um posto de combustível no Rio também foi notificado por vender gasolina aditivada ao preço de R$6,399. Todos os locais notificados tem até dez dias para regularizar os preços.

Últimas de Rio de Janeiro