Quiosques da orla carioca já estão no clima da Copa do Mundo

Além da transmissão gratuita dos jogos, as unidades do Leme ao Pontal terão decoração temática, brincadeiras e cardápio especial

Por O Dia

Na última Copa, quiosques foram enfeitados com bandeiras do Brasil
Na última Copa, quiosques foram enfeitados com bandeiras do Brasil -

Rio - Lugar de Copa do Mundo também é na praia. Cem quiosques da orla carioca, do Leme ao Pontal, vão promover atividades especiais durante os jogos, com transmissão ao vivo das partidas gratuitamente, além de brincadeiras temáticas.

Com o tema 'Rio, Praia & Futebol', as unidades serão decoradas com temas da Copa e terão cardápios para todos os gostos e bolsos. A expectativa é que a iniciativa atraia um público de cerca de 80 mil pessoas nos quiosques durante o Mundial, sendo 70% moradores da cidade e o restante, turistas.

"Montamos uma ação que permitisse aos cariocas e turistas ter sempre um ponto próximo de casa, do hotel ou do trabalho para assistir aos jogos do Brasil, aproveitando o melhor cenário do Rio, que são as praias. Vamos poder unir duas paixões nacionais: a praia e o futebol!", explica João Marcello Barreto, CEO da Orla Rio Concessionária, responsável pelo evento.

O evento faz parte do calendário Janeiro a Janeiro, que prevê diversas atividades na cidade ao longo do ano. Segundo João Marcello, essa época no meio do ano costuma ser o período de menor volume de venda para os operadores de quiosques.

"Com uma ação deste porte, esperamos reverter este quadro, elevando o consumo nos quiosques em 30%,", destaca. A Orla Rio administra os 309 quiosques nos 34 quilômetros de praia.

De acordo com a concessionária, a ação não vai gerar lucro apenas aos quiosqueiros, mas ajudará a movimentar toda a cadeia em torno das unidades, incluindo fornecedores de alimentos e bebidas, que vão ampliar a oferta de insumos aos quiosques, e até de decoração temática e de equipamentos de áudio e vídeo. A Orla Rio estima um investimento total de R$ 500 mil, incluindo gastos da própria empresa e valores empenhados pelos operadores.

No estudo da Fundação Getúlio Vargas para o calendário Rio de Janeiro a Janeiro ,o evento terá impacto de cerca de R$ 115 milhões na economia local. Em tributos, deverão ser recolhidos R$ 5,52 milhões.

O mercado de trabalho também promete ficar aquecido por conta das comemorações na praia, já que serão geradas vagas temporárias, como hostess, animadores, garçons e cozinheiros. A concessionária calcula 1,5 mil empregos diretos e 1,4 mil indiretos em função da ação.

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro