Morro do Jordão, na Taquara, tem intenso tiroteio pelo quinto dia seguido

Traficantes vindos da Praça Seca fazem uma tentativa de invasão na localidade dominada por milicianos. PM nega relatos de tiros nesta madrugada e opera na comunidade desde a manhã de domingo

Por O Dia

A comunidade fica em Jacarepaguá
A comunidade fica em Jacarepaguá -

Rio - Pelo quinta dia consecutivo, moradores do Morro do Jordão, na Taquara, Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, sofreram com um intenso tiroteio. Na madrugada desta segunda-feira, moradores usaram redes sociais para manifestar indignação e medo. A página 'Onde Tem Tiroteio' compartilhou um vídeo onde é possível escutar os disparos. (Veja abaixo)

"Tiros a madrugada toda. Está difícil....", escreveu um internauta. "Já começou! Saí para trabalhar com muito tiro!", " No Jordão, granada e metralhadora rolando...", comentaram outros. 

Segundo a polícia, traficantes vindos da Praça Seca tentam invadir o Morro do Jordão, dominado por milicianos, desde a última quinta-feira. Apesar das reclamações dos tiros desta madrugada, a PM disse que "não há relatos de confronto". A corporação está desde a manhã de domingo operando na comunidade.

Há dois anos, a comunidade já tinha sofrido uma tentativa de invasão, que resultou em semanas de tiroteio. Segundo a corporação, policiais do 18º BPM (Jacarepaguá) permanecem com o cerco na região e faz ações no interior da favela. "O comando do batalhão e o Serviço de Inteligência acompanham o policiamento. Até o momento não há relatos de prisões, apreensões ou feridos", concluiu a nota.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia