Policial militar é morto a tiros na Zona Norte

Ronalde Pereira da Costa dirigia em sua moto quando foi abordado por bandidos; ele reagiu e houve troca de tiros

Por O Dia

Ronalde Pereira da Costa
Ronalde Pereira da Costa -

Rio - Um policial militar reformado foi morto, por volta das 19h30 desta quarta-feira, durante uma tentativa de assalto, entre as ruas Gabriel Lisboa e Major Medeiros, em Irajá, na Zona Norte do Rio. O cabo Ronalde Pereira da Costa, 58 anos, estava dirigindo sua moto quando foi abordado por dois bandidos que estavam em um carro preto. Ele, que é casado e tem uma filha, reagiu e durante uma troca de tiros foi atingido no peito. Os bandidos fugiram em seguida.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado para socorrer o agente, mas ele morreu no local. A arma do PM foi levada pelos criminosos. Ronalde estava na corporação desde 1982. 

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) fez perícia no local e busca imagens de câmeras de segurança que ajudem na identificação dos autores do crime. Ainda não há informações sobre a data e local de enterro de Ronalde.

Ronalde era cabo reformado - Divulgação / Polícia Militar

Com mais a morte do cabo, chega a 66 o número de policiais assassinados no Estado do Rio em 2018 - sendo 60 policiais militares, cinco policiais civis e um policial federal.

 

 

O PM reagiu a uma tentativa de assalto - Reprodução / Internet

Galeria de Fotos

Ronalde era policial militar reformado Arquivo Pessoal
Ronalde Pereira da Costa Reprodução
O PM reagiu a uma tentativa de assalto Reprodução / Internet
Ronalde era cabo reformado Divulgação / Polícia Militar

Últimas de Rio de Janeiro