Polícia prende suspeito de integrar milícia comandada por Ecko

Com o preso, a policia apreendeu uma pistola Glock 9mm e 13 munições intactas

Por O Dia

Victor de Oliveira foi preso pela Polícia Civil
Victor de Oliveira foi preso pela Polícia Civil -

Rio - Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Baixada (DHBF) prenderam, nesta quarta-feira, um suspeito de integrar o grupo de milicianos comandado por Wellington da Silva Braga, o Ecko, que atua na Zona Oeste da capital e tem um braço em Itaguaí, na Região Metropolitana do estado. Victor de Oliveira Muniz, de 19 anos, foi preso em flagrante pelo crime de porte de arma de fogo restrito, em Sepetiba, na Zona Oeste do Rio. 

No momento da abordagem, Victor estava acompanhado de Jonas da Silva Machado Júnior, que atirou contra os policiais e conseguiu fugir. Ele é considerado foragido. Com o preso, a policia apreendeu uma pistola Glock 9mm e 13 munições intactas. 

As operações desta quarta-feira fizeram parte das ações de repressão e combate a grupos criminosos que atuam na prática de homicídios nas cidades Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis e possuem ligações com criminosos de Campo Grande, Sepetiba e Santa Cruz, chefiados por Ecko. 

 

Galeria de Fotos

Victor de Oliveira foi preso pela Polícia Civil Divulgação
Jonas da Silva é considerado foragido Divulgação

Últimas de Rio de Janeiro