Polícia prende segundo suspeito de participação na morte de corretora na Barra

Ex-marido da vítima, apontado como mandante do crime, continua foragido

Por RAFAEL NASCIMENTO

Karina Garofalo
Karina Garofalo -

Rio - Agentes da Delegacia de Homicídios (DH) da Capital prenderam, na tarde dessa terça-feira, Hamir Feitosa Todorovic, de 28 anos, em Pinheiral, no Sul Fluminense. Ele é suspeito de participação na morte da corretora de imóveis Karina Garofalo, no último dia 16, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Segundo as investigações, era Hamir quem pilotava a motocicleta que deu cobertura a ação criminosa.

"Ele será ouvido oficialmente agora. Durante sua vinda até aqui ele não falou nada. Desde o dia do crime não paramos de trabalhar. Creio que o marido será preso em breve. Ele (Hamir) é muito amigo do Paulo Maurício Barros Pereira e tem ligação direta com o crime. Os três estavam juntos no dia do crime. Ele estava de moto e deu cobertura', relatou o delegado André Barbosa.

Hamir trabalhava como Guarda Municipal, em Porto Real, no Sul Fluminense. Após a prisão, ele foi afastado da função e um processo administrativo disciplinar foi instaurado. “Não vamos tolerar qualquer tipo de envolvimento de nossos servidores com o crime, ainda mais se tratando da Guarda Civil Municipal, instituição que tem que dar exemplo de respeito à lei”, declarou o secretário municipal de Ordem Pública, Elias Vargas.

No dia 21 de agosto, agentes da especializada já haviam cumprido mandado de prisão contra Paulo Maurício Barros Pereira, acusado de matar a corretora. O ex-marido da vítima e apontado como mandante do crime, Pedro Paulo Barros Pereira Junior, continua foragido da Justiça. O Disque Denúncia oferece recompensa de R$ 1 mil por informações que levem ao paradeiro do homem. Quem tiver informações sobre a localização de Pedro Paulo deve denunciar através do telefone (21) 2253-1177. O anonimato é garantido. 

Entidade divulgou cartaz com a foto dos dois procurados pelo crime - Divulgação / Disque Denúncia

Galeria de Fotos

Karina Garofalo Arquivo Pessoal
Entidade divulgou cartaz com a foto dos dois procurados pelo crime Divulgação / Disque Denúncia
Hamir Feitosa Todorovic, de 28 anos, suspeito de participar da morte da Karina Garofalo Divulgação

Últimas de Rio de Janeiro