Estudantes protestam durante votação do passe livre intermunicipal na Alerj

Proposta foi aprovada e seguirá para o governador Luiz Fernando Pezão, que tem até 15 dias úteis para sancionar ou vetar

Por O Dia

Estudantes protestaram durante votação do passe livre intermunicipal na Alerj
Estudantes protestaram durante votação do passe livre intermunicipal na Alerj -

Rio - Diversos estudantes estiveram presentes no Plenário da Alerj durante votação, nesta terça-feira, para aprovar o passe livre nos transportes intermunicipais aos alunos das universidades públicas e privadas do Estado do Rio. A proposta, que foi aprovada, seguirá para o governador Luiz Fernando Pezão, que tem até 15 dias úteis para sancionar ou vetar. 

A proposta altera a Lei 4.510/05, que já garantia o passe livre nos transportes intermunicipais aos alunos dos ensinos fundamental, médio e técnico das redes públicas municipal, estadual e federal. O novo projeto acrescenta na antiga lei a especificação dos diferentes tipos de educação técnica e também estende o benefício para os estudantes do ensino superior. 

Na última quinta-feira, as representações estudantis já haviam se reunido com os deputados para debater o tema. “Moro na Baixada Fluminense e tenho que vir diariamente ao Centro do Rio para estudar. Gasto aproximadamente R$ 500 por mês somente com transporte. Já pensei em desistir da faculdade diversas vezes, minha sorte é que conto com a ajuda do meu pai”, declarou o estudante de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Gabryel Henrici.

 

Últimas de Rio de Janeiro