Operação do Ipem encontra irregularidades em doces vendidos no Rio

Empresas poderão sofrer sanções que vão de uma simples advertência até multa, que pode variar de R$ 100 até R$ 1,5 milhão

Por O Dia

Operação do Ipem encontrou irregularidades em doces vendidos no Rio
Operação do Ipem encontrou irregularidades em doces vendidos no Rio -

Rio - Fiscais do Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro (Ipem/RJ) realizaram, durante duas semanas, a operação Cosme e Damião, que tinha o objetivo de coletar doces em supermercados e estabelecimentos para serem analisados por técnicos no laboratório do órgão. Durante a ação, 18 marcas foram verificadas e nove apresentaram irregularidades; sendo o principal erro o número de unidades descritas na embalagem diferente do que ela realmente continha em seu interior.

Segundo Hugo Lima, diretor técnico do Ipem/RJ, o peso de alguns produtos analisados também estavam em desacordo com o registrado na embalagem. "As empresas foram notificadas e têm um prazo de 15 dias para apresentar defesa, caso contrário, poderão sofrer sanções que vão de uma simples advertência até multa, que pode variar de R$ 100 até R$ 1,5 milhão", completou.

Já o presidente do Ipem/RJ, Manoel Rampine, as blitzes foram feitas para resguardar o direito do consumidor na hora da compra, evitando que ele seja enganado.

"Apesar do Ipem não ter nenhum tipo de autonomia sobre o assunto, é importante que o consumidor observe sempre a data de validade. Já em relação aos brinquedos, algumas observações devem ser feitas pelos responsáveis na hora da compra, como por exemplo, a existência do selo do Inmetro, a identificação do fabricante, do importador e as advertências quanto ao seu uso, que devem estar impressas com letras legíveis e em local de fácil visualização, além de estar em língua portuguesa", finalizou Rampine.

Em caso de dúvidas ou denúncias o consumidor pode ligar para a ouvidoria do Ipem/RJ através do telefone 0800-282-3040, que atende de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. 

Últimas de Rio de Janeiro