Mais Lidas

Cremerj cassa registro profissional de Sérgio Côrtes, preso pela Lava Jato

Decisão foi tomada pelo plenário do conselho regional do Rio, mas precisa ser referendada também pelo Conselho Federal de Medicina.

Por O Dia

Sérgio Côrtes
Sérgio Côrtes -

Rio - O Conselho Regional de Medicina (Cremerj) decidiu cassar o registro profissional de Sérgio Côrtes, ex-secretário de Saúde na gestão do governador Sérgio Cabral. Ambos estão presos pela Lava Jato. A decisão ainda precisa ser apreciada e confirmada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

A decisão foi tomada durante uma plenária do Cremerj e foi unânime. Entretanto, a cassação deve ser apreciada em uma nova plenária realizada pelo CFM, conforme prevê o Código de Processo Ético-Profissional. Somente depois disso a cassação é aplicada. A reportagem não conseguiu falar com a defesa de Sérgio Côrtes. 

Preso pela Lava Jato

Sérgio Côrtes foi preso acusado de comandar o um esquema de corrupção do ex-governador Sérgio Cabral na área da saúde. A denúncia, que deu origem à operação Fatura Exposta, apontou desvios que chegaram a R$ 300 milhões.

O ex-secretário foi preso pela Fatura Exposta em abril de 2017, mas havia sido solto em fevereiro deste ano, após uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes. No final de agosto, Côrtes voltou a ser preso.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia