Professor de Biologia do Colégio Pensi, Rafael Demartini. - Divulgação
Professor de Biologia do Colégio Pensi, Rafael Demartini.Divulgação
Por FRANCISCO EDSON ALVES

O sonho de entrar na faculdade está próximo para os cerca de 5,5 milhões de candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que farão as provas redação e 180 questões de múltipla escolha nos dias 4 e 11 de novembro. O recomendado, segundo especialistas ouvidos pelo DIA, é ter "muita calma nessa hora". Para ajudar os estudantes, professores destacaram dicas valiosas para passar no exame: desde o ambiente de estudo até os conteúdos de revisões.

Nessa reta final, o ideal é descansar mais. Soraya Salomão, do Instituto de Coaching de Carreira, reforça que o estudante tem que ter paz para rever o que aprendeu. "É um desafio", caracterizou Soraya.

Em termos de conteúdos mais exigidos, o professor de Biologia do Colégio Pensi, Rafael Demartini, destaca fisiologia humana. "Impactos ao indivíduo por uso de drogas, alimentação e doenças", destacou. Ecologia é outra abordagem frequente. "Conceitos básicos e desequilíbrios, impactos e distúrbios no ambiente e seus organismos", completou Rafael.

Diego Dias, professor de Português, lembra: "É preciso estar preparado para uma prova de linguagens e não de Língua Portuguesa em si".

O professor de Geografia, Mauricio Novaes, do QG do Enem, recomenda revisão em estruturas geológicas, agentes internos e externos do relevo, fatores, elementos do clima e interpretação de climogramas. "A China é aposta em Geopolítica. Em 30 anos, deixou de ser um país pobre e agrário e tornou-se potência".

Márcio Branco, professor de História, ressalta que, neste momento, deve-se evitar excesso de estudos. "As horas de sono são mais importantes".

Aleksander Matias, mestre em Matemática do Colégio Notre Dame Recreio, atenta para a interpretação das questões, aliado a conhecimentos básicos. "Das 45 questões, 15 são fáceis, 15 médias e 15 difíceis".

Em Química, de acordo com o professor Igor Almeida, assuntos como estequiometria, termoquímica, funções orgânicas e propriedades dessas substâncias, têm maior probabilidade de cair. "Além de leitura e interpretação de gráficos e tabelas".

RETA FINAL
Publicidade
DESLIGUE TUDO
Desconecte-se de celular, TV, rádio, e qualquer outro aparelho que possa roubar sua concentração na hora de estudar.
Publicidade
ESCOLHA O LOCAL CERTO
Estudar requer concentração e sossego, em um ambiente sem bagunça, organizado, iluminado e arejado.
Publicidade
ESCREVA!
Apenas ler conteúdo de matérias não basta. As ideias fogem. Escrever é uma forma de mantê-las na mente.
Publicidade
PLANEJE OS ESTUDOS
Faça um cronograma do que você tem que estudar diariamente. Isso evita a ansiedade e a dispersão.
Publicidade
ALTERNE MODOS DE ESTUDAR
Leia e grave conteúdos, assista aulas online e faça grupo de estudos com amigos.
Publicidade
CRIE PAUSAS
Pequenas pausas são necessárias. Levante, tome água e faça exercícios respiratórios com frequência.
Publicidade
TIRE DÚVIDAS
Aulas servem para tirar dúvidas e não apenas absorver conteúdos das disciplinas.
Publicidade
EXERCITE-SE
Estar bem fisicamente ajuda na concentração e na disposição. Caminhar é uma boa dica.
Publicidade
FAÇA SEU HORÁRIO
Cada um 'funciona' melhor em um determinado horário. Descubra o seu e estude nele.
Publicidade
ACREDITE EM VOCÊ
Confie no seu potencial e não desanime de objetivos. Não se desespere. Se não der certo agora, dará mais adiante.
Publicidade
Você pode gostar
Comentários