Preso um dos envolvidos na morte de cabo da PM em Bento Ribeiro

Após o policial Leandro Lamas Souza ser alvejado com vários tiros, Alison Farias da Silva teria retornado ao local e feito novos disparos contra o agente

Por O Dia

Alison é apontado como um dos principais responsáveis pela morte do policial Leandro Lamas Souza
Alison é apontado como um dos principais responsáveis pela morte do policial Leandro Lamas Souza -

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios da Capital (DH) e da Divisão de Operações da Coordenadoria de Inteligência da PM prenderam, nesta quarta-feira, Alison Farias da Silva. Ele é apontado como um dos responsáveis pela morte do cabo da Polícia Militar Leandro Lamas Souza, de 34 anos, no último 29 de setembro, durante um assalto. Alison foi preso nas proximidades do Morro São João, no Engenho Novo, na Zona Norte do Rio.

De acordo com as investigações, o cabo Leandro foi assassinado na Rua João Vicente, em Bento Ribeiro. Na ocasião, ele estava com a namorada e um casal de amigos dentro de um carro após irem ao Norte Shopping. O grupo foi fechado por bandidos, que estavam em um outro veículo e anunciaram o assalto. O cabo foi reconhecido como policial e os criminosos deram vários tiros contra ele.

Após os disparos, Alison retornou ao local e atirou novamente contra o PM. O agente foi socorrido na UPA de Campinho, mas não resistiu aos ferimentos. Ele era solteiro, estava na corporação há sete anos e era lotado no 41º BPM (Irajá).

Por causa do crime, contra Alison havia um mandado de prisão temporária em aberto por latrocínio (roubo seguido de morte). O Disque Denúncia chegou a divulgar que oferecia uma recompensa de R$ 5 mil por informações que leve à captura dos responsáveis pelo assassinato.

O cabo Lamas estava com a namorada e um casal de amigos quando foram vítimas de um assalto - Arquivo Pessoal

Galeria de Fotos

Alison é apontado como um dos principais responsáveis pela morte do policial Leandro Lamas Souza Divulgação / Polícia Civil
O cabo Lamas estava com a namorada e um casal de amigos quando foram vítimas de um assalto Arquivo Pessoal

Últimas de Rio de Janeiro