Lançamento de livro de Marielle Franco acontece nesta quarta

'UPP: a favela reduzida a três letras' é resultado de sua pesquisa de mestrado

Por O Dia

A vereadora Marielle Franco foi morta há nove meses
A vereadora Marielle Franco foi morta há nove meses -

Rio - O livro “UPP: a favela reduzida a três letras”, da vereadora e socióloga Marielle Franco, assassinada em março deste ano, será lançado na Câmara dos Vereadores na próxima quarta-feira, quando se completam oito meses do crime. 

A publicação é resultado da dissertação de mestrado de Marielle em Administração Pública na Universidade Federal Fluminense. A autora apresenta, entre outros objetivos da pesquisa, evidenciar que não há guerra de combate às drogas e de controle de territórios: “O que, de fato, existe, ou está indicado, é uma política de exclusão e punição dos pobres, escondida por trás do projeto das UPPs”, escreveu. Segundo ela, a administração da segurança “atuou como força auxiliar no fortalecimento de um modelo de cidade centrado no lucro privado, e não na sua população, sustentado pela política hegemônica do Estado, marcada pela exclusão e punição”. 

Para Frei Betto, que assina o prefácio, trata-se de um livro que “tem de ser lido, reproduzido, distribuído, debatido e repartido como pão quente capaz de alimentar a mesma esperança encarnada por sua autora, minha amiga Marielle Franco”. 

O lançamento, marcado para acontecer às 18h, no Plenário da Câmara contará com a participação dos vereadores Tarcísio Motta e David Miranda, ambos do PSOL; da irmã de Marielle, Anielle Franco; de sua viúva, Monica Benicio; de Tula Pires, professora de Direito da PUC-Rio; Lia Rodrigues, professora de Sociologia da Uerj; e Mônica Francisco, deputada estadual eleita, também pelo PSOL. Uma apresentação musical está prevista com a participação da cantora Marina Iris.

Serviço

Lançamento do livro “UPP: a favela reduzida a três letras – Uma análise da política de segurança pública do estado do Rio de Janeiro”. Quando: Quarta-feira, 14 de novembro, às 18h. Onde: Plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro (Praça Floriano, s/n°). 

 

Últimas de Rio de Janeiro