Mais Lidas

Ex-namorado mandou mensagens ameaçando adolescente morta em Guadalupe

Rayane foi morta a tiros nesta quinta-feira

Por O Dia

Rayanne, de 16 anos, foi morta pelo ex-namorado, pois ele não aceitava o fim do relacionamento
Rayanne, de 16 anos, foi morta pelo ex-namorado, pois ele não aceitava o fim do relacionamento -

Rio - A adolescente Rayane Barros de Castro, de 16 anos, vinha sendo ameaçada pelo ex-namorado de mesma idade em mensagens. A jovem foi morta a tiros, no fim da manhã desta quinta-feira, em Guadalupe, na Zona Norte do Rio.

No celular da vítima, que estava junto a seu corpo e foi recolhido pela DH, os agentes encontraram mensagens recentes trocadas pelos adolescentes. “Se você ficar de graça vai acabar acontecendo uma desgraça entre a gente mesmo, Rayane”, ameaçou o ex-namorado.

“Me esquece cara, vai viver a sua vida, não quero mais saber de você”, escreveu Rayanne.

O autor do crime a ameaçou: “Vou viver a minha vida, mas você não vai viver a sua não”. O rapaz se entregou na 30º DP (Marechal Hermes) horas depois de matar a ex-namorada. 

Segundo o 41º BPM (Irajá), um suspeito abandonou uma moto roubada no local, na Rua Nova Trento, e fugiu, até se apresentar na delegacia. A suspeita é que ele seja um traficante de drogas da Favela do Muquiço, em Guadalupe.

O jovem foi autuado por crime análogo ao feminicídio contra Rayane.

Família e amigos lamentam nas redes sociais

Amigos de Rayane usaram as redes sociais para lamentar a morte da adolescente. "Se eu pudesse eu voltaria atrás te beijaria muito mais", escreveu uma amiga. "Hoje você me deixou aqui nesse mundo sozinha. Te amo muito", declarou uma prima.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia