Luiz Carlos Moraes Mesquita Júnior tinha 30 anos - Arquivo Pessoal
Luiz Carlos Moraes Mesquita Júnior tinha 30 anosArquivo Pessoal
Por O Dia
Publicado 20/12/2018 20:17 | Atualizado 20/12/2018 20:39

Rio - Agentes da Delegacia de Homicídios da Capital (DH) prenderam, nesta quinta-feira, o policial militar Mauricio dos Santos Prazeres. Ele é apontado como o responsável pela morte do técnico de sonoplastia da TV Globo Luiz Carlos Moraes Mesquita Júnior, de 30 anos. O crime aconteceu no último 19 de agosto, na Taquara, na Zona Oeste do Rio, e ainda deixou Wellerson Oliveira Christóvão ferido.

De acordo com as investigações, momentos antes do crime, Wellerson levou seu carro para o lava-jato onde trabalhava, na Estrada Macembu. Ao chegar lá, o PM atirou contra ele, com quem tinha uma desavença. Nos disparos, o técnico de sonoplastia ficou na linha de tiro e acabou morrendo. Wellerson foi atingido no quadril, mas sobreviveu.

A prisão do PM foi feita após o cumprimento de um mandado de prisão temporária, expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca da Capital. Ele foi encontrado no Recreio dos Bandeirantes, também na Zona Oeste.

Material apreendido com o PM - Divulgação / Polícia Militar

Você pode gostar