Mais Lidas

Filho de Fernandinho Beira-Mar matou três pessoas no primeiro dia do ano, diz MP

Marcelo Fernando de Sá Costa foi preso no dia 1º por porte ilegal de arma e em veículo roubado. Investigação concluiu que ele matou três pessoas sem nenhum motivo aparente no mesmo dia

Por O Dia

Marcelo Fernando de Sá Costa, filho de Fernandinho Beira-Mar
Marcelo Fernando de Sá Costa, filho de Fernandinho Beira-Mar -

Rio - O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) concluiu, em duas denúncias apresentadas à Justiça, que Marcelo Fernando de Sá Costa, filho de Fernandinho Beira-Mar, matou três pessoas na manhã do primeiro dia de 2019. No mesmo dia, Marcelo foi preso por porte ilegal de arma e em um veículo roubado.

As vítimas foram identificadas como Wallace Manoel Simões Rangel, morta na Estrada Barão do Amapá, em Duque de Caxias. Na mesma data, o MP denuncia que o filho de Beira-Mar disparou contra Diogo Luiz Carvalho de Lima e Wesley Oliveira da Silva na Rua Mario Behring, no mesmo município, também levando os dois homens à morte.

No caso de Wallace, o órgão denuncia o homicídio qualificado e que a morte ocorreu "através de emboscada ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido", com pena prevista de reclusão de 12 a 30 anos.

Em relação as duas outras mortes, Marcelo Fernando é denunciado também por homicídio qualificado, mas "mediante paga ou promessa de recompensa, ou por outro motivo torpe", também com pena prevista de reclusão de 12 a 30 anos.

Além de outras diligências, foi realizado confronto balístico entre a arma apreendida com Marcelo e os projeteis retirados dos corpos das três vítimas, cujo laudo foi positivo. Marcelo Fernando foi preso no mesmo dia das mortes pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e receptação, por estar em um veículo Fiat Idea verde, que era roubado. As investigações foram realizadas pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários