Interdição aconteceu na altura de Casimiro de Abreu da BR-101 - Divulgação / Arteris Fluminense
Interdição aconteceu na altura de Casimiro de Abreu da BR-101Divulgação / Arteris Fluminense
Por ESTADÃO CONTEÚDO

Rio - Uma manifestação contra a reforma da Previdência interditou a Rodovia BR-101 na manhã desta quarta-feira, na altura de Casimiro de Abreu, no Norte Fluminense. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e informou que a pista da rodovia foi fechada por causa de um protesto contra a proposta apresentada hoje organizado pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag) e pela Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB).

Segundo a Arteris Fluminense, empresa que administra o trecho, os manifestantes interromperam o tráfego nos dois sentidos da BR-101, na altura do quilômetro 208. A concessionária divulgou uma foto da interdição, mostrando uma barreira montada na pista construída com objetos que foram incendiados.

O protesto gerou congestionamento na via. No sentido Niterói o engarrafamento se prolongava por cinco quilômetros, e no sentido Espírito Santo a retenção se estendia por dois quilômetros.

Você pode gostar
Comentários