Passageira foi socorrida por funcionários e seguranças do MetrôRio - Adriano Araujo / Agência O Dia
Passageira foi socorrida por funcionários e seguranças do MetrôRioAdriano Araujo / Agência O Dia
Por ADRIANO ARAÚJO

Rio - Uma mulher ficou com o seio preso pelo menos 10 minutos em uma porta do vagão do Metrô Rio, na manhã desta sexta-feira. A passageira viajou de São Cristóvão até a Cidade Nova, com o seio agarrado na porta.

A passageira ficou com o seio preso quando a porta do vagão fechou em São Cristóvão, por volta das 7h10. As circunstâncias são desconhecidas, mas o vagão estava cheio no momento do acidente. Na Cidade Nova, um segurança e um funcionário foram chamados, impediram a saída do metrô e acionaram técnicos para abrir a porta manualmente. O procedimento durou cerca de cinco minutos. Contando com o tempo do trajeto entre as estações, de aproximadamente quatro minutos, ela ficou ao menos 10 minutos com o seio preso na porta.

Após a porta ser liberada, a passageira deixou o vagão chorando e foi amparada por funcionários da concessionária. Em nota, o Metrô Rio lamentou o ocorrido e disse que, "por volta das 7h20, uma mulher foi atendida por equipe da concessionária na sala de repouso da estação Cidade Nova. A cliente não quis ser levada ao hospital, assinou o termo de recusa e decidiu seguir viagem", diz o texto.

 

Em novembro de 2018, a Justiça do Rio condenou o Metrô Rio a indenizar em R$ 10 mil uma passageira que teve o seio esmagado na porta de um vagão da concessionária. O caso aconteceu na linha 2, também entre as estações de São Cristóvão e Cidade Nova.

Questionado se há algum sistema que impeça o fechamento das portas quando algum objeto ou alguém fica preso, o Metrô Rio disse que "conta com sinais sonoros nas estações e nos trens para alertar e avisar os usuários do fechamento das portas".

"Além disso, avisos afixados na composição trazem o mesmo tipo de orientação. Também produz campanhas educativas permanentes, em vídeos e anúncios impressos, que são divulgadas nas redes sociais. Nas estações, os agentes de segurança orientam os passageiros visando impedir a ocorrência de acidentes", falou.

Você pode gostar
Comentários