Falta até o básico para os moradores de Cabuçu

Quem mora no município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, sofre com a falta de asfalto, saneamento básico e iluminação pública

Por Aline Cavalcante

Ruas que ficam em volta do Ciep 075, em Cabuçu, estão na lama. Para ir à escola, alunos precisam enfrentar o lamaçal
Ruas que ficam em volta do Ciep 075, em Cabuçu, estão na lama. Para ir à escola, alunos precisam enfrentar o lamaçal -

Rio - Na porta de casa o esgoto corre a céu aberto. Ao sair na rua duas opções: lama ou poeira. Falta de iluminação pública também é comum. Assim é o cotidiano dos moradores do bairro Cabuçu, que fica em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Nas ruas Barroso, Triunfo, Sorocaba e Tegipió, que ficam em torno do Ciep 075, a situação é precária. Para chegar até a escola, os alunos têm que enfrentar muita lama.

"Ou as crianças e pais caminham com sacos plásticos no pé ou chega na escola todo enlameado. Isso é um descaso com o bairro e principalmente com as pessoas", reclama Ana Maria.

Há 34 anos, Verônica Silva sofre com abandono e falta de cuidados das autoridades. "A prefeitura não cuida do bairro, ficamos esquecidos", conta a moradora da Rua Ana Luiza. A via recebeu um caminhão de terra para nivelamento, mas a intervenção parou por aí e com a chuva os moradores voltaram a ficar na lama.

Além da falta de asfalto, falta saneamento básico e iluminação pública. Quem mora nas ruas Capiberibe, Sônia Maria e Pernambuco também enfrenta dificuldades. "A situação é preocupante, porque entra ano e sai ano, muda o governo e nada nunca muda", diz José Antônio, 58.

O bairro é o retrato do abandono. Moradores relatam que se sentem excluídos. "Sempre foi assim. Até hoje, pouco foi feito pela região. O básico falta. É difícil ver que nem o asfalto temos em pleno 2019 e esta é um situação muito comum em diversos bairros de Nova Iguaçu", relata Maria do Rosário.

A falta de ações e da presença da prefeitura é o mais incomoda. "Elegemos governantes que nada fazem por quem realmente precisa. Temos ruas sem asfaltar e quando não atolamos na lama estamos submersos na poeira", criticou Arlene de Fátima, 58.

"A prefeitura pouco faz, é assim desde sempre. Os cuidados ficam no Centro e nos bairros mais nobres. Quem mora mais distante e nos locais mais pobres não tem direito a nada", lamenta Luis da Silva.

A Prefeitura de Nova Iguaçu informou que segue buscando recursos junto aos governos Federal e Estadual para realizar obras de pavimentação e infraestrutura na cidade, já que não dispõe de recursos próprios para estas melhorias por enfrentar dificuldades financeiras. A prefeitura informou ainda que Equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura vão verificar estas demandas dos moradores citadas pelo 'O Dia nos seu Bairro'.

Galeria de Fotos

Ruas que ficam em volta do Ciep 075, em Cabuçu, estão na lama. Para ir à escola, alunos precisam enfrentar o lamaçal Aline Cavalcante
Maria do Rosário reclama da falta de asfalto nas ruas dos bairros em geral Divulgação
Ruas que ficam em volta do Ciep 075, em Cabuçu, estão na lama. Para ir à escola, alunos precisam enfrentar o lamaçal FOTOS Aline Cavalcante
Ruas que ficam em volta do Ciep 075, em Cabuçu, estão na lama. Para ir à escola, alunos precisam enfrentar o lamaçal Aline Cavalcante

Comentários