Policiais civis prendem homem apontado como chefe de milícia em Nova Iguaçu

Homem tinha mandados de prisão por dois assassinatos, organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo

Por O Dia

Parte do material encontrado na casa do Adilson referente a outro roubo de Carga
Parte do material encontrado na casa do Adilson referente a outro roubo de Carga -
Rio - Policiais do Departamento Geral de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DGCOR) prenderam, nesta segunda-feira, no bairro Ipiranga, em Nova Iguaçu, Leandro Menezes Barbosa, conhecido como 'Batata do Aliança' e apontado como o chefe da milícia que atua no bairro Aliança. Segundo o delegado Thiago Neves, da DGCOR, Leandro tinha cinco mandados de prisão em aberto por dois assassinatos, organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo.
Ele também é suspeito por lavagem de dinheiro em empresas, fazendas, veículos e imóveis de luxo, além de ser responsável por expandir atividades criminosas pela região, cumprindo ordens dos milicianos Welington da Silva Braga, o Ecko, e Danilo Dias Lima, conhecido como Thundera. Por ser braço direito de Thundera, conforme os agentes, Leandro vinha sendo investigado pela especializada há aproximadamente 1 ano.
O Portal dos Procurados oferecia R$ 2 mil por informações que levasse ao paradeiro de “Batata do Aliança”.

Galeria de Fotos

Parte do material encontrado na casa do Adilson referente a outro roubo de Carga Divulgação
Leandro foi preso em Nova Igua Divulga

Comentários