Concursos para as polícias Civil e Militar terão questões sobre a lei Maria da Penha

Objetivo é que os policiais entrem para a corporação sabendo atuar em questões de violência e entendam os direitos das mulheres nesses casos

Por O Dia

Determinação altera lei de pessoal da Polícia
Determinação altera lei de pessoal da Polícia -
Rio - O governador Wilson Witzel sancionou a lei que obriga concursos públicos para as Polícias Civil e Militar a cobrarem dos candidatos conhecimento sobre a Lei Maria da Penha. A proposta foi de autoria da deputada estadual Enfermeira Rejane (PCdoB). 
De acordo com a parlamentar responsável pela medida, o objetivo é que os policiais entrem para a corporação sabendo atuar em questões de violência e entendam os direitos das mulheres nesses casos. A determinação foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira e altera a Lei 3.586/01 sobre o quadro pessoal da Polícia Civil do Estado do Rio.
A deputada Enfermeira Rejane explica que a Lei Maria da Penha é uma auxiliadora e mostra que a taxa de homicídios contra mulheres dentro de suas residências diminuem 10% por conta da medida: "Atualmente, o feminicídio é um problema criminal e de saúde pública e precisa de políticas públicas urgentes. É importante que os agentes públicos que lidam com a situação conheçam essa legislação", avaliou a deputada.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários