Chacina deixa quatro mortos e 13 feridos em bar de Belford Roxo

Ataque teria acontecido por causa de uma briga entre traficantes e milicianos da região

Por O Dia

Crime aconteceu na noite deste sábado
Crime aconteceu na noite deste sábado -
Rio - Um ataque a tiros no bar Rei do Peixe, na Rua Gonçalves Gato, no bairro Vila Dagmar, perto do Centro de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, deixou pelo menos quatro pessoas mortas e outras 19 feridas, na noite deste sábado. O crime aconteceu por volta das 21h e os mortos são dois homens e duas mulheres.
Os mortos identificados

Homem conhecido como Balrog
Jorge Vitor (músico da banda que se apresentava no local)
Fabrine Regiane Marques, 25 anos
Elaine Menezes, 36 anos
Bar fica perto do Centro de Belford Roxo - Luciano Belford / Agência O Dia
Os feridos foram levados para hospitais da região, dentre eles o Hospital Municipal de Belford Roxo, o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes (Saracuruna) e o Hospital Geral de Nova Iguaçu (Posse). 
Apenas um, ferido de raspão, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros. O rapaz foi levado à unidade de Belford Roxo e já recebeu alta.
 
De acordo com a Prefeitura de Nova Iguaçu, cinco outros feridos que foram levados para o Hospital da Posse já receberam alta da unidade.
Ataque aconteceu na noite deste sábado - Reprodução / Internet
Segundo a Polícia Militar, homens encapuzados e armados com fuzis e pistolas desceram de um Honda HR-V branco e fizeram vários disparos contra o estabelecimento. Após os tiros, eles teriam fugido em direção à comunidade Posto 13, em Nova Iguaçu.
O ataque teria sido provocado por causa da guerra entre o tráfico de drogas e a milícia da região. O alvo dos bandidos seria um miliciano conhecido como Balrog, que seria membro do grupo paramilitar de Nova Aurora.
O músico Jorge Vitor estava participando do show do grupo Nosso Grupo no restaurante quando foi baleado e morreu. A banda e a mulher dele se manifestaram no Facebook lamentando a morte do artista.
"Estamos muito abalados e destruídos pelo acontecido lamentamos por toda essa covardia algumas pessoas faleceram e ficaram feridas no Local", disse uma das postagens do grupo.
Momentos antes do ataque, a banda fez algumas transmissões ao vivo sobre o show no bar; confira!
Nas redes sociais, frequentadores e pessoas que estavam em locais próximos comentaram o caso. "Muito tiro no centro de Belford Roxo. Mataram dois aqui no Peixe", escreveu um. "Até quando teremos essa violência? Atiraram contra muita gente aqui no bar", relatou outra pessoa.
PMs do 39ª BPM (Belford Roxo) foram acionados e isolaram a área para a perícia da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF). Os policiais civis procuram por imagens de câmeras na região que ajudem a identificar os envolvidos no ataque.
Crime aconteceu por causa da briga entre traficantes e milicianos da região - Reprodução / Internet
Em nota, a Prefeitura de Belford Roxo lamentou o crime e se solidarizou com as famílias das vítimas.
"Mesmo sendo a segurança competência do governo estadual, o município vem buscando diminuir a violência solicitando, entre outras coisas, o aumento do efetivo do Batalhão de Polícia Militar", prefeitura disse.
Crime aconteceu na noite deste sábado - Reprodução / OTT-RJ

Galeria de Fotos

Crime aconteceu na noite deste sábado Luciano Belford / Agência O Dia
Jorge Vitor tocava no Bar do Peixe Arquivo Pessoal
Crime aconteceu por causa da briga entre traficantes e milicianos da região Reprodução / Internet
Ataque aconteceu na noite deste sábado Reprodução / Internet
Crime aconteceu na noite deste sábado Reprodução / OTT-RJ
Bar do Peixe, onde ocorreu a chacina, fica perto do Centro de Belford Roxo Luciano Belford / Agência O Dia

Comentários