Homem que apanhou de lutadora ao tentar assaltá-la é condenado

A informação foi divulgada pelo Tribunal de Justiça do Rio nesta segunda-feira

Por O Dia

Ladrão acusado de roubar lutadora do UFC
Ladrão acusado de roubar lutadora do UFC -
Rio - Max Gadêlha Barbosa, acusado de assaltar a lutadora do UFC, Polyana Viana, em janeiro deste ano, foi condenado em dois anos e oito meses de prisão pelo juiz Marco Couto, da 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. A informação foi divulgada pelo Tribunal de Justiça do Rio nesta segunda-feira. 
"Obviamente, o crime não se consumou por circunstância alheia à vontade do réu, diante da rápida e eficiente reação da vítima. Logo, o caso é de roubo simples tentado. Isso posto, julgo procedente a pretensão punitiva estatal para condenar o réu Max Gadêlha Barbosa", escreveu o magistrado na sentença, que fixou o regime fechado para o início do cumprimento da pena.
 

Comentários