Corpo de João Gilberto é velado no Theatro Municipal do Rio

Músico morreu aos 88 anos neste sábado. Ele enfrentava problemas de saúde havia alguns anos

Por O Dia

Velório de João Gilberto no Theatro Municipal do Rio
Velório de João Gilberto no Theatro Municipal do Rio -
Rio - O velório de João Gilberto começou às 9h desta segunda-feira, no Theatro Municipal do Rio, no Centro da cidade. O corpo do músico chegou ao Theatro Municipal por volta das 7h. Amigos, familiares e o público puderam se despedir do músico até às 14h. O enterro de João Gilberto será no cemitério Parque da Colina, em Niterói, às 16h.
João Gilberto morreu em casa, no Leblon, Zona Sul do Rio, neste sábado. Ele tinha 88 anos e enfrentava alguns problemas de saúde.

Galeria de Fotos

Velório de João Gilberto no Theatro Municipal do Rio Ag. News
Velório de João Gilberto no Theatro Municipal do Rio Ag. News
Velório de João Gilberto no Theatro Municipal do Rio Ag. News
Velório de João Gilberto no Theatro Municipal do Rio Ag. News
Velório de João Gilberto no Theatro Municipal do Rio Ag. News
Velório de João Gilberto no Theatro Municipal do Rio Ag. News
Velório de João Gilberto no Theatro Municipal do Rio Ag. News
Velório de João Gilberto no Theatro Municipal do Rio Ag. News
Velório de João Gilberto no Theatro Municipal do Rio Ag. News
Velório de João Gilberto no Theatro Municipal do Rio Ag. News
Corpo de João Gilberto chegou ao Theatro Municipal do Rio por volta das 7h desta segunda-feira Reprodução / TV Globo
O artista, conhecido por sua reclusão e perfeccionismo, cimentou as bases da Bossa Nova com os discos Chega de Saudade (1959), O Amor, o Sorriso e a Flor (1960) e João Gilberto (1961). Chega de Saudade, de autoria de Vinícius de Moraes e Tom Jobim, é uma das músicas mais famosas tocadas por João Gilberto. O álbum jazz e bossa nova Getz/Gilberto (1964), uma parceria com o saxofonista estadunidense Stan Getz, foi premiado com o Grammy. Ele também fez composições próprias, como Bim-Bom e Oba-la-la.

A última vez em que João Gilberto pisou nos palcos foi em 2008, por ocasião das comemorações dos 50 anos da Bossa Nova. Houve uma expectativa de que ele voltasse aos palcos em novembro de 2011, em uma turnê nacional com o show João Gilberto 80 anos - Uma Vida Bossa Nova. Mas a primeira apresentação que seria realizada na capital paulista foi cancelada por motivos de saúde do músico e a turnê acabou não acontecendo.

O compositor foi visto cantando e tocando violão pela última vez em 2015: ele aparece em vídeos postados na rede social Facebook por Claudia Faissol, mãe de Luisa, filha caçula do cantor. João estava de pijama e tocava e cantava Garota de Ipanema ao lado da filha.

Devido a problemas financeiros e de saúde do cantor, a filha dele Bebel Gilberto conseguiu a interdição do músico no último dia 15 de novembro. O processo corre em segredo de justiça na 5ª Vara de Órfãos e Sucessões do Rio de Janeiro.
*Com informações da Agência Brasil 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários