Tiroteio termina com dois mortos e dois baleados em Niterói

Troca de tiros ocorreu entre agentes do Niterói Presente e homens que tentavam assaltar um motociclista utilizando até uma granada

Por O Dia

Tiroteio em Niterói terminou com um inocente morto por bala perdida. Thiago (detalhe) saía para lanchar
Tiroteio em Niterói terminou com um inocente morto por bala perdida. Thiago (detalhe) saía para lanchar -
Rio - Um tiroteio terminou com duas pessoas mortas e outras duas baleadas em frente ao Plaza Shopping Niterói, por volta das 20h10 desta sexta-feira. Os mortos seriam criminosos que tentavam assaltar um motociclista atrás do estabelecimento comercial, que estava lotado. Agentes do Programa Niterói Presente viram a ação e, após darem ordem de prisão, houve o tiroteio.
"Vi três homens armados correndo na esquina, onde estudo à noite. As aulas foram suspensas", disse uma aluna de um curso técnico. O tiroteio ocorreu na Rua Andrade Neves.
Segundo relatório preliminar de agentes do Programa Niterói Presente, os criminosos seriam do Morro do Estado, no mesmo município, e estariam cometendo assaltos na região, utilizando, além de armas, uma granada.
Na troca de tiros, um funcionário do Plaza Shopping, que estava na rua, e uma senhora que passava pela local foram baleados. Socorridos para o Hospital Azevedo Lima, não há informações do estado de saúde deles.
Nas redes sociais, internautas relataram o pânico decorrente da ação. "Gente, tiroteio e morte na frente do Plaza Shopping agora, há meia hora! Os bandidos estavam com a intenção de fazer reféns e portavam armas e granadas. Foi uma grande correria e muita gritaria. A policia agiu rapidamente e conseguiu dominar toda a ação, não permitindo a morte de nenhum inocente! Parabéns à polícia niterioiense!", escreveu Marlisy Torres, em seu perfil no Facebook.
Fotos dos agentes em frente ao estabelecimento e de curiosos se espalharam pelas redes sociais. Até 22h, os corpos dos supostos bandidos continuavam no local. Além da granada, uma pistola 9mm foi apreendida pela polícia. O caso foi registrado na 76ª DP (Niterói).
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários