Witzel defende integração entre os estados na segurança pública

Em Florianópolis, governadores do Sul e Sudeste também discutiram a reforma tributária

Por O Dia

Rio de Janeiro 14/08/2019 - O governador Wilson Witzel durante da ampliacao do Niteroi presente. Foto: Luciano Belford/Agencia O Dia
Rio de Janeiro 14/08/2019 - O governador Wilson Witzel durante da ampliacao do Niteroi presente. Foto: Luciano Belford/Agencia O Dia -
Rio - O governador Wilson Witzel defendeu uma integração maior na segurança pública entre os estados, neste sábado, durante a quinta reunião do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud), em Florianópolis. O encontro teve a presença dos governadores dos sete estados das duas regiões: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
"Todas as reformas econômicas que estão em discussão atualmente são fundamentais para o crescimento. Mas o desenvolvimento só será visível, se nós mostrarmos que o Brasil é um país seguro. Isso é fundamental para aumentar os investimentos", afirmou o governador, lembrando que o Rio de Janeiro está atacando o poder financeiro das quadrilhas com o Departamento de Combate à Corrupção, à Lavagem de Dinheiro e ao Crime Organizado".
Reforma tributária
Outro tema discutido durante o Cosud foi a reforma tributária. A carta conjunta dos governadores (em anexo), divulgada depois do encontro, destacou como prioritária a discussão em torno da mudança no sistema de cobrança de impostos.
"A reforma tributária ela é fundamental para que nós possamos dar segurança jurídica aos investidores e acabar com a guerra fiscal. É uma disputa que muitas vezes não atende ao interesse da população, que provocam um desequilíbrio no país", ressaltou Witzel.
Grupos de trabalho
Após a reunião de 14 grupos de trabalho – com temas como infraestrutura, segurança, sistema penitenciário, gestão e planejamento, meio ambiente, entre outros –, que teve a participações de secretários dos sete estados, os governadores assistiram a uma palestra com o tema ‘Uma gestão pública e digital mais simples’, ministradas pelo diretor federal de Desburocratização do Ministério da Economia, Geanluca Lorenzon, e pelo secretário especial de Modernização do Estado na Secretaria Geral da Presidência da República, José Ricardo da Veiga.
A próxima edição do Cosud acontecerá em janeiro em Foz do Iguaçu. Os estados do Centro-Oeste deverão participar do encontro. Também foi acertada para o ano que vem a realização de uma missão de governadores à China com o objetivo de captar investidores interessados tanto instalar empresas como em participar de processos de desestatização.
Homenagem a bombeiros
A abertura da plenária dos governadores, na manhã deste sábado, foi marcada por uma homenagem póstuma aos quatro bombeiros que morreram na sexta-feira, durante combate a um incêndio no Centro do Rio. Os sargentos Geraldo Alves Ribeiro e Rafael Magalhães Frauches Alves e os cabos José de Sá Neto e Klerton Gonçalves de Araújo foram lembrados com um minuto de silêncio no início do evento.

Comentários