Saiba o que pode e o que está proibido na orla e parques cariocas

Guarda municipal inicia a Operação Verão

Por O Dia

 Cães com coleira, vacinados e vermifugados na praia: pode
Cães com coleira, vacinados e vermifugados na praia: pode -

Rio - Com a estação mais quente do ano à porta, a Guarda Municipal iniciou, ontem, a Operação Verão 2020, que visa orientar cariocas e turistas sobre as regras de convivência nas praias e áreas de lazer como o Parque de Madureira e o Parque Radical de Deodoro. Nos fins de semana e feriados, aliás, agentes do Grupamento Especial de Praia e Marítimo vão distribuir panfletos para alertar o que é ou não permitido, além de utilizar sistema de videopratrulhamento.

A novidade desse verão é que, além dos banhistas, cães também podem se refrescar nas praias da cidade. Mas os tutores precisam ficar atentos para que o passeio não se torne dor de cabeça. Isso porque, apesar de ainda não haver regulamentação, o decreto que permite a presença de cachorros prevê animais só com coleira e guia, vermifugados e vacinados, e que as fezes sejam recolhidas. A lei também estipula a construção de espaços destinados aos pets, mas ainda não há previsão para que eles sejam criados pela prefeitura. 

"O meu cachorro está sempre na guia, mas como ele é muito comportado e só anda me seguindo, eu deixo ficar solto um pouco. Mas é importante seguir todas as regras para que não aconteça um acidente e a praia não fique suja. Se a gente respeitar, os cães vão poder sempre vir", disse Andrea Garotti, ao passear com a Magu, na Praia do Leblon. 

Churrasquinho de gato, na praia, nem pensar

Banhistas precisam ficar atentos a outras regras de uso da praia. É proibido, por exemplo, fazer churrasco e montar acampamento nas areias, praticar esportes na beira da água, entre 8h e 17h, usar cerol e linha chilena em pipas, bujão de gás, aparelhos de som, alto-falante e outros aparelhos elétricos ou eletrônicos.
 
Uma família de turistas do Sul, que brincava de bola em frente ao mar da Praia de Copacabana, na Zona Sul, disse que mesmo não conhecendo as normas, vão se policiar para aproveitar melhor as férias.
"A gente não conhecia as regras, mas, agora, vamos seguir. É importante respeitar, porque a praia é de todos e algumas coisas podem incomodar outras pessoas", afirmou Janice Rittier.
 
Patrulha terá 530 agentes

A Operação Verão 2020 terá efetivo de 530 guardas municipais para o patrulhamento e controle do trânsito da orla das zonas Sul e Oeste, além de 15 reboques e agentes do programa Rio Seguro Copacabana e Leme.

A operação também vai dar continuidade ao Plano de Prevenção Contra Pequenos Delitos e Arrastões nas Praias, integrada com as polícias Civil e Militar e secretarias municipais de Transportes e de Assistência Social e Direitos Humanos.

As equipes que atuam nas ruas terão apoio dos agentes do Núcleo de Videopatrulhamento da GM, com 80 câmeras de monitoramento que reproduzem imagens do calçadão e da faixa de areia. Flagrantes de crimes serão enviados pelo celular para os guardas identificarem e abordarem os suspeitos.

Operação Verão

Além da Campanha de orientação nas praias e áreas de lazer da cidade, a Operação Verão 2020, terá efetivo de 530 guardas municipais atuando no patrulhamento e no controle do trânsito da orla das zonas Sul e Oeste, 15 reboques da Seop para a fiscalização do estacionamento irregular, e agentes do programa de apoio à segurança pública Rio+Seguro Copacabana e Leme.
A ação também vai dar continuidade ao Plano de Prevenção Contra Pequenos Delitos e Arrastões nas Praias, integrada com as Polícias Civil e Militar e secretarias municipais de Transportes e de Assistência Social e Direitos Humanos. As equipes que atuam nas ruas terão apoio dos agentes do Núcleo de Videopatrulhamento da GM-Rio, que monitoram 80 câmeras que reproduzem imagens do calçadão e da faixa de areia. Os flagrantes de crimes são enviados pelo celular para os guardas identificarem e abordarem os suspeitos e as imagens são cedidas à Polícia Civil.

No verão do ano passado, a Guarda registrou 143 ocorrências de furto, roubo, agressão, ameaça e tráfico de drogas, em flagrantes pelos agentes nas praias e por imagens captadas pelas câmeras do Núcleo de Videopatrulhamento. Nesse período, 82 armas brancas foram apreendidas.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários