Sambista é morto a tiros em São João de Meriti

Davi Show, que atuava na Beija-Flor de Nilópolis, estava dentro do carro quando foi atingido pelos disparos

Por O Dia

Carro onde o sambista Davi Show estava ficou com marcas de tiros
Carro onde o sambista Davi Show estava ficou com marcas de tiros -
Rio - O sambista Davi Pereira da Silva Pinto, 42 anos, conhecido como Davi Show, foi morto a tiros na Rua Juiz Aderbal de Oliveira, em frente a uma adega, no Centro de São João de Meriti, Baixada Fluminense, na tarde desta quarta-feira. De acordo com as primeiras informações, homens armados emparelharam um carro com o da vítima e fizeram vários disparos.
Alguns tiros acertaram a parte traseira do veículo de Davi e um dos disparos atingiu o lado do motorista. O homem, que era comerciante e sambista da Beija-Flor de Nilópolis, morreu na hora. Procurada, a Polícia Civil informou que a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga o crime. Os agentes buscam imagens de câmeras de segurança da região que possam ajudar a identificar os suspeitos.
Procurada, a Beija-Flor ainda não se pronunciou sobre o crime. Ainda não há informações sobre a data e local de enterro de Davi.
Segunda morte em menos de um mês
No início deste ano, no dia 12 de janeiro, um promotor de eventos da Mocidade Independente de Padre Miguel foi morto a tiros em Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio. De acordo com a agremiação, Carlos Henrique Silva foi baleado ao reagir a um assalto.
O crime aconteceu um pouco antes do horário previsto para o início do treino da escola de samba.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários