Acordo garante aumento de salário para médicos da família

Por

Batriz Busch se reuniu com representantes da RioSaúde
Batriz Busch se reuniu com representantes da RioSaúde -

Após uma negociação com o Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro (SinMed-RJ), a Secretaria Municipal de Saúde decidiu fazer uma adequação do salário-base dos médicos de saúde da família, nas unidades da Atenção Primária. O vencimento desses profissionais será o mesmo pago para médicos das unidades de urgência e emergência administradas pela RioSaúde. Com o ajuste, o salário passou de R$ 13.637,00 para R$ 14.705,50. Os novos valores já ficaram disponíveis no pagamento de março.

Segundo o presidente do SinMed, Alexandre Telles, com a adequação dos valores, a categoria está aderindo aos novos contratos da RioSaúde.

"Os profissionais viram com bons olhos a transição. A empresa pública, principalmente na Atenção Primária, faz muito sentido, porque você trabalha com vínculo. Aquele médico de família não tem que trocar de dois em dois anos de empregador", destacou ele. "Toda mudança é traumática, tem alguns contratempos, mas após apresentarmos o novo salário, a categoria está aderindo, entregando as documentações e assumindo os postos de trabalho", acrescentou Telles.

Comentários