Estado do Rio tem 'Dia D'

Por

No estado do Rio, não é apenas o novo coronavírus que preocupa. Para o governo fluminense, a situação do sarampo é ainda mais alarmante. Desde o ano passado, foram registrados no estado 658 casos, sendo 412 em crianças com até 9 anos de idade. De janeiro até 3 de março, a Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde confirmou 196 casos de sarampo.

Devido a este cenário, os 92 municípios fluminenses foram alvo, ontem, do 'Dia D' de vacinação contra a doença, nos postos de saúde.

A ação faz parte de uma campanha que começou em 13 de janeiro, quando cerca de 700 mil pessoas foram imunizadas em todo o estado, o que corresponde a 23,3% da meta definida pelas autoridades sanitárias estaduais.

"O sarampo está aqui, já matou paciente, infelizmente no nosso meio, diferente do corona, que todos estão preocupados, que ainda não chegou de uma forma de livre circulação", afirmou o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos. " O grande risco é não estar vacinado", disse.

Com o 'Dia D', o número de imunizados chegou a 1 milhão em todo o estado.

Comentários