Motorista de aplicativo é preso acusado de estuprar menor durante corrida em Botafogo

Pais do adolescente procuraram a Polícia Civil no dia 19 de fevereiro. Agressor foi preso hoje na Baixada

Por Luarlindo Ernesto

O motorista foi preso em Santa Cruz da Serra, Duque de Caxias
O motorista foi preso em Santa Cruz da Serra, Duque de Caxias -
Rio - Um motorista do aplicativo Uber, de 53 anos, foi preso, na manhã desta terça-feira, acusado de estuprar um menino de 13 anos durante uma corrida entre bairros na Zona Sul do Rio. Segundo informações, os pais do menor procuraram a Polícia Civil no dia 19 de fevereiro e relataram o acontecimento. O trajeto da corrida foi entre os bairros do Flamengo e Botafogo e de acordo com a polícia o motorista obrigou o menor a fazer sexo oral nele e depois finalizou a corrida, deixando a vítima em casa.
De acordo com a polícia, agentes conseguiram identificar o autor e a prisão temporária foi expedida pela Justiça.Equipes da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) prenderam o homem na sua casa, em Santa Cruz da Serra, na Baixada Fluminense. 
O motorista preso tem filhos e seu neto faz um ano nesta quarta-feira. 
Procurada pelo DIA, a Uber se pronunciou e lamentou sobre o caso. Segundo a empresa, a conta do motorista foi desativada e houve colaboração ativa com as autoridades nas investigações.
Além disso, eles também informaram que todas as viagens são registradas por GPS e que em caso de incidentes, a equipe pode dar o suporte necessário, informando o nome do motorista, o histórico e qual o trajeto realizado. 

Comentários