Vanessa de Carvalho

Por

Médica da saúde pública há 12 anos, Vanessa de Carvalho, de 38, conta que para a proteção de seus familiares, se isolou. O contato com os pais e a avó dela estão suspensos. Em casa, ela faz de tudo para proteger o filho, de 6 anos, e o marido. "Só pego meu filho depois de tomar banho e lavar até a cabeça. Meu marido também não está visitando os pais porque está sempre em contato comigo". Com as aulas suspensas, o filho da médica fica com a avó. Mas, na hora de pegar o menino, elas não têm contato. A médica ressalta a importância de a população se manter em casa: "Essa é a única forma de os números dos casos não explodirem". Vanessa conta que, apesar da apreensão, vai seguir em frente com o seu trabalho: "Essa é a profissão que escolhi. Não seria outra coisa na vida. Trabalho por amor".

Comentários