Fundação Casa de Rui Barbosa escolhe novo diretor do Centro de Pesquisa

O posto estava vago desde janeiro, quando a presidente Letícia Dornelles dispensou ou exonerou cinco pesquisadores

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Fundação Casa de Rui Barbosa
Fundação Casa de Rui Barbosa -
Rio - Professor da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Edgard Leite Ferreira Neto foi nomeado, neste segunda-feira, como diretor do Centro de Pesquisa da Fundação Casa de Rui Barbosa.
A cessão do servidor de uma instituição para a outra foi publicada no Diário Oficial no momento em que os funcionários da fundação, um dos mais importantes centros de pesquisa do país e guardiã de acervos de importantes escritores e intelectuais, fazem um abaixo-assinado contra o fim da Fundação Casa de Rui Barbosa, que pertence à Secretaria Especial da Cultura - sem titular desde a saída de Regina Duarte na semana passada.
O processo para transformar a fundação em um museu, extinguindo, assim, sua estrutura educacional de pesquisa, tramita no governo federal.

O posto estava vago desde janeiro, quando a presidente Letícia Dornelles dispensou ou exonerou cinco pesquisadores do Centro de Pesquisa, incluindo Antonio Herculano Lopes, então diretor.
O receio, na época, foi que essa demissão coletiva representasse o primeiro passo para que o local se resumisse a museu e arquivo, deixando de lado a produção de conhecimento que o distingue como um dos principais centros de pesquisa fora de uma universidade.

Autor de Predadores: Repensando o Brasil em Seus Fundamentos Morais (2019), de Leituras Infinitas (2015), sobre a tradição bíblica e talmúdica, e organizador de História dos Cristãos-novos no Brasil (2017) e de Filósofos Judeus (2017), Edgard Leite é professor, ainda, da UERJ e pesquisador em História, Filosofia, Metafísica e Teologia.

Leite é também diretor do Instituto Realitas, cujo objetivo é o "fortalecimento de tendências intelectuais inovadoras e a abertura de novos horizontes para o pensamento brasileiro" - e está disponível na plataforma seu curso Desafios da Espiritualidade no Mundo Contemporâneo.
É membro da Academia Brasileira de Filosofia, mestre e doutor em História pela Universidade Federal Fluminense e integrante do Conselho Administrativo da Sociedade Internacional de Estudos Jesuítas (Paris), e, ainda segundo informações de seu currículo, é integrante dos grupos de pesquisa do CNPQ Laboratório de Estudos da Consciência e Memória e Culto na Literatura Bíblica e diretor de Culto do Grande Templo Israelita do Rio de Janeiro.

Criado em 1952, o Centro de Pesquisa da Fundação Casa de Rui Barbosa é dividido em seis áreas: Filologia, História, Ruiano, Direito, Produção Cultural e Editoração. A Casa de Rui Barbosa data de 1928.

Comentários