Hospital de campanha de São Gonçalo será aberto nesta terça-feira, diz Iabas

A previsão do Iabas é entregar o hospital de campanha de Nova Iguaçu na sexta-feira (29/5) e o de Caxias na segunda-feira (1/6)

Por O Dia

Chegaram na manhã desta segunda-feira, no Aeroporto Internacional do Galeão, 135 aparelhos respiradores importados pelo Governo do Estado
Chegaram na manhã desta segunda-feira, no Aeroporto Internacional do Galeão, 135 aparelhos respiradores importados pelo Governo do Estado -
Rio - O médico Hélcio Watanabe, superintendente do Iabas, informou que o hospital de campanha de São Gonçalo, Região Metropolitana, será aberto nesta terça-feira e já estará pronto para receber os primeiros pacientes na quarta-feira, o que dependerá do sistema de regulação. No momento, antes da entrega desses novos aparelhos, a unidade já conta com dez respiradores em UTIs. Com os 40 importados da China, passará a operar com 50. Após a chegada dos próximos carregamentos, o objetivo do Iabas é que todos os 80 leitos de UTI tenham respiradores. No total, a unidade terá 200 leitos.

A previsão do Iabas, de acordo com Watanabe, é entregar o hospital de campanha de Nova Iguaçu na sexta-feira (29/5) e o de Caxias na segunda-feira (1/6), já com os novos respiradores importados da China. Cada aparelho custou US$ 15 mil dólares, fora as despesas com transporte e importação, que são do comprador.
Os aparelhos são de alta tecnologia, com bateria de lítio, e pesam 350 quilos cada.
Suspeitas sobre as construções de hospitais de campanha no Rio são alvo da Polícia Federal nesta terça-feira. A Operação Placebo, que investiga desvios na área da Saúde do estado durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19), levou agentes a vários endereços do Rio e de São Paulo, dentre eles o Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador Wilson Witzel (PSC), na Zona Sul do Rio, para onde foram enviadas pelo menos cinco viaturas da PF.
De acordo com a investigação, há um esquema de corrupção envolvendo uma organização social contratada para a instalação de hospitais de campanha e servidores da gestão da Saúde do estado.
Chegam ao Rio 135 respiradores que vão equipar as UTIs dos hospitais de campanha
Chegaram na manhã de segunda-feira, no Aeroporto Internacional do Galeão, 135 aparelhos respiradores importados pelo Governo do Estado através da organização social Iabas de um fornecedor chinês para serem distribuídos pelos hospitais de campanha do Estado do Rio. Os aparelhos vieram em um avião cargueiro fretado exclusivamente para trazer os aparelhos da cidade de Shenzhen, na China, com escalas em Miami e Manaus. 

De acordo com o Iabas, os 135 ventiladores vão ser distribuídos pelos hospitais de campanha de São Gonçalo, Nova Iguaçu e Caxias, que serão os próximos a entrarem em operação. Cada um desses hospitais receberá 40 aparelhos, e os outros 15 restantes irão reforçar a UTI do hospital de campanha do Maracanã, já em funcionamento.

Ao todo, foram comprados 500 respiradores da empresa Shenzhen Comen Medical. Um cargueiro com mais 50 respiradores deve sair de Shenzhen ainda esta semana, e outros 50 aparelhos devem ser enviados na semana que vem. O calendário de entrega dos aparelhos comprados na China vai até junho. A organização social diz que já tem 91 aparelhos em operação, e que deve receber outros dez comprados no Espírito Santo. Somando aos 500 comprados na China, os hospitais do Rio vão contar com 601 aparelhos.

Comentários